acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Refinaria

Investimentos da PDVSA na Abreu de Lima chegarão a US$ 2,17 bilhões

10/10/2005 | 00h00

Cerca de 60% do total irão para a refinaria Abreu de Lima no porto de Suape, Pernambuco.

A estatal petrolífera venezuelana Petroleos de Venezuela (Pdvsa) investirá US$ 2,17 bilhões em refinarias na América Latina, anunciou na sexta-feira o vice-presidente de refinação da empresa, Alejandro Granados. A Pdvsa prevê, na esteira do acordo Petroamérica, construir uma refinaria no Brasil junto com a Petrobras e reformar três refinarias em Cuba, Jamaica e Uruguai.

Em torno de 60% do investimento em refinação na Petroamérica, cerca de US$ 1,5 bilhão, serão aplicados na construção da refinaria Abreu de Lima no estado de Pernambuco, informou Granados.

Esse projeto está integrado com a exploração de petróleo pesado e extra pesado da Faixa do Orinoco, no sul do país.

A refinaria de Pernambuco processará 100 mil barris diários da Faixa misturados com o óleo bruto brasileiro, enquanto que outros 100 mil b/d de óleos pesado e extra pesado serão destinados ao mercado de refinação do Brasil.

O segundo investimento em importância será na refinaria de La Teja, em Montevidéu, com 25% do total, cerca de US$ 544 milhões. Sua capacidade de refinação será dobrada para 100 mil b/d e também adaptada ao óleo pesado da Faixa do Orinoco. Cerca de US$ 87 milhões (4% do total) serão destinados à refinaria da estatal jamaicana Petrojam, com capacidade para processar 36 mil b/d e 2% do restante será investido na refinaria Cienfuegos, de Cuba, construída pela antiga União Soviética.

O investimento venezuelano em refinarias na Petroamérica representa 13% dos investimentos previstos pela Pdvsa em refinação até 2012. Perto de US$ 13 bilhões serão destinados à construção de três novas refinarias na Venezuela e ao aprimoramento das existentes.



Fonte: Gazeta Mercantil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar