acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Inflação na saída das fábricas fica em 0,15% em maio

30/06/2015 | 10h11

A inflação registrada na porta de saída das fábricas sem impostos ou fretes, medida pelo Índice de Preços ao Produtor (IPP), ficou em 0,15% em maio deste ano. A taxa é inferior à observada em abril deste ano (0,34%), mas superior ao índice de maio do ano passado, que apresentou deflação (queda de preços) de 0,26%.

Segundo dados divulgados hoje (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o IPP acumula taxas de 2,65% no ano e 6,1% no período de 12 meses.

Em maio, 17 das 23 atividades da indústria da transformação tiveram alta de preços. Com uma inflação de 0,84%, os veículos automotores tiveram o maior impacto no IPP. Outros segmentos com altas taxas de inflação foram perfumaria, sabões e produtos de limpeza (2,04%), bebidas (1,84%) e têxtil (1,56%).

Os alimentos, por outro lado, tiveram uma deflação de 0,63% em maio, contribuindo para frear o IPP. Esses produtos já tinham registrado queda de preços de 0,76% em abril.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar