acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Vale do Mucuri

Infinity Bio-Energia investirá R$ 85 milhões na Alcana

16/02/2007 | 00h00

O grupo Infinity Bio-Energia anunciou nesta quinta-feira que investirá cerca de R$ 85 milhões na reativação da Alcana Destilaria de Álcool, localizada no município de Nanuque, no Vale do Mucuri, em Minas Gerais.

 Com os aportes, o grupo pretende elevar a produção da unidade industrial para 84 milhões de litros de álcool e 1,75 milhão de sacas de açúcar, além da co-geração de 10 Megawatts (MW) de energia, a partir do terceiro ano de operação. A conclusão do projeto está prevista para 2009.

A área plantada de cana-de-açúcar será de 15 mil hectares, a ser atingida na maturação do projeto, com o incremento da moagem das atuais 545 mil toneladas para 1,5 milhão de toneladas de cana. O faturamento previsto é da ordem de R$ 153 milhões a partir do terceiro ano de produção.

O projeto no Vale do Mucuri, uma das regiões mais pobres do Estado, faz parte da estratégia da secretaria de Desenvolvimento Econômico de Minas, de atrair investimentos do setor sucroalcooleiro para outras regiões do Estado que não apenas o Triângulo Mineiro. De acordo com informações divulgadas pela secretaria, o grupo Infinity pretende transformar a região, incluindo também o norte do Espírito Santo e o sul da Bahia em um novo pólo de produção de açúcar e álcool do país.

A Infinity Bio-Energia é uma multinacional inglesa fundada em março de 2006 e possui ações cotadas na Bolsa de Valores de Londres. No ano passado, o grupo investiu mais de US$ 300 milhões na aquisição de três usinas sucroalcooleiras - Cridasa, Usinavi e Alcana, localizadas, respectivamente, nos municípios de Pedro Canário (ES), Naviraí (MS) e Nanuque (MG), com recursos financeiros captados por meio dos fundos de investimentos internacionais.

De olho no ranking. A estratégia, segundo informou a própria companhia, é tornar-se a segunda no ranking dos maiores produtores de álcool e açúcar do Brasil. No ano passado, os investimentos totais somaram US$ 700 milhões, incluindo a aquisição de outras duas usinas e destilarias em Lajeadão (BA) e Mirandópolis (SP), terrenos e equipamentos para cinco novas unidades nos próximos nove meses.

Com as aquisições, o grupo começou a produzir em torno de 3,5 milhões de toneladas de cana, dos quais 40% são transformados em açúcar (276 mil toneladas/ano) e 60% em álcool (300 milhões de litros).

Deste total, 90% somos destinados ao mercado interno e o restante exportado. Em quatro anos, a companhia pretende atingir uma produção de seis milhões de toneladas de cana ao ano.

Além da ampliação da Alcana, o grupo Infinity estuda a possibilidade de implantar duas novas usinas no Vale do Mucuri.



Fonte: Agencia Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar