acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás Natural

Indústria quer agregar mais 15% em 2007

04/12/2006 | 00h00

No Ceará, o setor industrial é o de maior demanda para o insumo, mas responde por apenas 38,42% do gás natural utilizado pelos cearenses em outubro. O setor automotivo chega bem próximo, utilizando cerca de 35,57% do total.

Segundo o presidente da Companhia de Gás do Ceará (Cegás), José Rêgo Filho, o contrato com a Petrobras, que vai até dia 31 de dezembro, garante o abastecimento de 550 mil metros cúbicos de gás natural por dia ao estado. “Quando houver renovação, temos de ajustá-lo à demanda futura. Nesse novo contrato, a gente tem de agregar pelo menos 15% mais para 2007”, disse o presidente da Cegás.

Rêgo Filho explica que uma das demandas para o insumo deve ser a fábrica da Nova Schin, inaugurada semana passada em Horizonte (CE). Segundo ele, uma empresa desse porte deve utilizar cerca de 50 mil metros cúbicos de gás natural por dia. A extensão da rede de abastecimento cearense é de 226,8 km.

Nordeste - O Nordeste representa 15,2% do insumo comercializado em todo o país, o que corresponde a 6,89 milhões de metros cúbicos por dia. As regiões Sudeste e Sul são as que mais consomem, segundo dados da Abegás de outubro.

A primeira fica com 66,5% do total (29,62 milhões de metros cúbicos por dia) e a segunda, com 16,42% (7,31 milhões de metros cúbicos por dia). O Centro-oeste tem participação mínima no mercado (1,61%), com 724,8 mil metros cúbicos por dia. O Norte não é abastecido.



Fonte: Diário do Nordeste
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar