acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Indústria de máquinas e equipamentos registra crescimento de 0,3%

27/09/2012 | 11h27
Indústria de máquinas e equipamentos registra crescimento de 0,3%
Indústria Romi Indústria Romi

 

O faturamento total da indústria de máquinas e equipamentos atingiu R$ 53,6 bilhões, no acumulado de janeiro a agosto, crescimento de 0,3% em relação a igual período de 2011. Em agosto, o faturamento foi 6,8 bilhões, 2,1% a mais do que o registrado em julho, mas 6,6% menor quando comparado com o mesmo mês do ano anterior. Os dados, divulgados na quarta-feira (26), são da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).
Em dólares, as exportações acumuladas no ano chegaram a US$ 8.248 milhões, um crescimento de 10% em relação a igual período do ano passado. O resultado foi alavancado pelos setores de máquinas para indústria de transformação (crescimento de 48,7%), e de máquinas para logística e construção civil, que teve elevação de 15,7% no faturamento.
As importações acumuladas de janeiro a agosto totalizaram US$ 20,01 bilhões, uma elevação de 1,9% em relação a igual período do ano anterior. O resultado levou ao recuo de 3,1% do déficit da balança, a primeira redução do déficit da balança comercial no ano, a qual já acumula US$ 11.766 milhões. “É importante frisar a importância do câmbio para esse resultado”, destaca a entidade, em nota.
Já a média mensal do nível de utilização de capacidade instalada caiu para 75,9% em agosto, uma diminuição de 7,1 pontos percentuais em comparação com o mesmo período do ano anterior.
“Como resultado dessa situação, a indústria de bens de capital mecânico registrou mais uma variação negativa no número de empregados (-0,7%), fechando o mês de agosto com 253.189 trabalhadores”.

O faturamento total da indústria de máquinas e equipamentos atingiu R$ 53,6 bilhões, no acumulado de janeiro a agosto, crescimento de 0,3% em relação a igual período de 2011. Em agosto, o faturamento foi 6,8 bilhões, 2,1% a mais do que o registrado em julho, mas 6,6% menor quando comparado com o mesmo mês do ano anterior. Os dados, divulgados na quarta-feira (26), são da Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (Abimaq).


Em dólares, as exportações acumuladas no ano chegaram a US$ 8.248 milhões, um crescimento de 10% em relação a igual período do ano passado. O resultado foi alavancado pelos setores de máquinas para indústria de transformação (crescimento de 48,7%), e de máquinas para logística e construção civil, que teve elevação de 15,7% no faturamento.


As importações acumuladas de janeiro a agosto totalizaram US$ 20,01 bilhões, uma elevação de 1,9% em relação a igual período do ano anterior. O resultado levou ao recuo de 3,1% do déficit da balança, a primeira redução do déficit da balança comercial no ano, a qual já acumula US$ 11.766 milhões. “É importante frisar a importância do câmbio para esse resultado”, destaca a entidade, em nota.


Já a média mensal do nível de utilização de capacidade instalada caiu para 75,9% em agosto, uma diminuição de 7,1 pontos percentuais em comparação com o mesmo período do ano anterior.


“Como resultado dessa situação, a indústria de bens de capital mecânico registrou mais uma variação negativa no número de empregados (-0,7%), fechando o mês de agosto com 253.189 trabalhadores”.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar