acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Refino

Índia e Emirados Árabes trazem refinaria para Rio Grande do Norte

15/04/2004 | 00h00
O interesse do governo do Rio Grande do Norte em instalar uma nova refinaria em território potiguar vai muito além do mero discurso. No encontro que terá com o presidente da Petrobras, José Eduardo Dutra, nesta sexta-feira (16/04), a governadora Wilma Faria apresentará, juntamente com um relatório de 67 páginas, documentos que garantem a participação no projeto de investidores da Índia e de Dubai, nos Emirados Árabes. Dessa forma, o estado se iguala ao Espírito Santo, que também optou por correr atrás de investidores estrangeiros para viabilizar o empreendimento de mais de US$ 2 bilhões.
Além de uma detalhada exposição sobre as vantagens técnicas e econômicas de instalação de uma refinaria no município de Guamaré (RN), as 67 páginas do documento expõem a modelagem financeira do projeto. Por meio do papelório, o presidente da Petrobras saberá que o grupo árabe se propõe a apoiar financeiramente o projeto, enquanto o investidor indiano, que detém refinarias naquele país, participará como sócio-operador do empreendimento.
Como prova da força do estado, também há a possibilidade de mais dois investidores privados aderirem ao projeto nordestino. Além de um operador da Líbia - país que começa a atar uma lua-de-mel com o Ocidente, após anos de "litígio revolucionário" -, um grupo da Argélia também está de olho no Brasil como plataforma de refino.
Responsável pela assessoria do governo potiguar, o consultor Jean Paul Prates, da Expetro Internacional, afirma que, do ponto de vista geográfico, o Rio Grande do Norte apresenta a vantagem de estar localizado em um raio de 400 quilômetros de 85% do mercado consumidor nordestino. Localiza-se em Guamaré a base da Petrobras daquele estado.
O encontro com Dutra está previsto para as 9 horas de sexta-feira, na sede da Petrobras, no Centro do Rio, e será testemunhado por assessores da governadora e de parte do secretariado.


Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar