acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Parceria

Inaugurado Laboratório de Redes Industriais e Sistemas de Automação

08/11/2012 | 09h49

 

A Petrobras e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) inauguraram na quarta-feira (7) o Laboratório de Redes Industriais e Sistemas de Automação (Larisa), construído para dar suporte a atividades de pesquisa e desenvolvimento. Os estudos terão como  foco novas tecnologias de avaliação de desempenho e procedimentos de integração de redes industriais com e sem fio.
Com investimento de cerca de R$ 1 milhão, a construção do laboratório é parte de um projeto da rede temática de Integração C&T-Indústria no Processo Produtivo Nacional, que tem a finalidade de aumentar a qualificação de profissionais na área de especificação, implantação e configuração de redes industriais.
O Larisa ocupa uma área de 200m². Além da construção, foram adquiridos e instalados no laboratório equipamentos de infraestrutura e sistemas de hardware e software da área de redes industriais e sistemas de automação.
“No meio acadêmico, o Larisa está posicionado entre os mais completos laboratórios brasileiros no tocante a redes industriais sem fio“, disse Ricardo Ramos, interlocutor técnico do projeto e engenheiro de equipamentos da Gerência de Desenvolvimento de Mercado da Unidade de Materiais da Petrobras. Assim, além da formação de recursos humanos, este laboratório permitirá realizar pesquisas e projetos com o objetivo de otimizar o parque industrial da Petrobras, tornando sua infraestrutura cada vez mais eficiente e otimizada.
Redes Temáticas
O Programa foi criado pela Petrobras em 2006, voltado para o relacionamento com as universidades e institutos de pesquisas brasileiros. Hoje há 49 redes operando em parceria com mais de 100 universidades e instituições de pesquisas de todo o Brasil. Nas redes, as instituições desenvolvem pesquisas em temas estratégicos para o negócio da Petrobras e para a indústria brasileira de energia.
A Petrobras vem investindo cerca de R$ 460 milhões anuais, em média, possibilitando às instituições conveniadas a implantação de infraestrutura, aquisição de modernos equipamentos, criação de laboratórios de padrão mundial de excelência, capacitação de pesquisadores, recursos humanos e desenvolvimento de projetos de pesquisa e desenvolvimento nas áreas de interesse, como petróleo e gás, biocombustíveis e preservação ambiental.

A Petrobras e a Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) inauguraram na quarta-feira (7) o Laboratório de Redes Industriais e Sistemas de Automação (Larisa), construído para dar suporte a atividades de pesquisa e desenvolvimento. Os estudos terão como  foco novas tecnologias de avaliação de desempenho e procedimentos de integração de redes industriais com e sem fio.


Com investimento de cerca de R$ 1 milhão, a construção do laboratório é parte de um projeto da rede temática de Integração C&T-Indústria no Processo Produtivo Nacional, que tem a finalidade de aumentar a qualificação de profissionais na área de especificação, implantação e configuração de redes industriais.


O Larisa ocupa uma área de 200m². Além da construção, foram adquiridos e instalados no laboratório equipamentos de infraestrutura e sistemas de hardware e software da área de redes industriais e sistemas de automação.


“No meio acadêmico, o Larisa está posicionado entre os mais completos laboratórios brasileiros no tocante a redes industriais sem fio“, disse Ricardo Ramos, interlocutor técnico do projeto e engenheiro de equipamentos da Gerência de Desenvolvimento de Mercado da Unidade de Materiais da Petrobras. Assim, além da formação de recursos humanos, este laboratório permitirá realizar pesquisas e projetos com o objetivo de otimizar o parque industrial da Petrobras, tornando sua infraestrutura cada vez mais eficiente e otimizada.



Redes Temáticas


O Programa foi criado pela Petrobras em 2006, voltado para o relacionamento com as universidades e institutos de pesquisas brasileiros. Hoje há 49 redes operando em parceria com mais de 100 universidades e instituições de pesquisas de todo o Brasil. Nas redes, as instituições desenvolvem pesquisas em temas estratégicos para o negócio da Petrobras e para a indústria brasileira de energia.


A Petrobras vem investindo cerca de R$ 460 milhões anuais, em média, possibilitando às instituições conveniadas a implantação de infraestrutura, aquisição de modernos equipamentos, criação de laboratórios de padrão mundial de excelência, capacitação de pesquisadores, recursos humanos e desenvolvimento de projetos de pesquisa e desenvolvimento nas áreas de interesse, como petróleo e gás, biocombustíveis e preservação ambiental.

 



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar