acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Mercado

Importação do aço cai pela metade no Brasil

01/08/2011 | 15h29
Segundo dados apresentados esta semana pelo Sindisider (Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Produtos Siderúrgicos), a importação do aço teve retração de 53,2% nos primeiros seis meses de 2011, em relação ao mesmo período do ano passado.

“A representativa queda na compra do aço vindo do exterior mostra um fortalecimento do mercado nacional. É um cenário positivo e que deve permitir que tenhamos um balanço positivo ao término do ano”, afirma Carlos Jorge Loureiro, presidente do sindicato. Segundo a entidade, o setor de distribuição de aços deve apresentar crescimento de 10% em 2011.

Os dados do segmento foram apresentados na última terça-feira (26), durante evento organizado pela regional do Sindisider em Porto Alegre para empresários do setor siderúrgico gaúcho.

Durante o encontro Loureiro ainda analisou as mudanças ocorridas no segmento ao longo dos últimos três anos, demostrando preocupação com o cenário atual. “O mercado siderúrgico brasileiro não está mais alienado do mercado mundial. Ofertas e preços internacionais devem fazer parte das nossas análises ao definirmos estratégias comerciais para nossas empresas”, salienta Loureiro.


Compra e Venda

Em junho, foram comercializadas no país 288,1 mil toneladas de aço, volume 22,7% menor do que o negociado no mês anterior. No acumulado do ano, a queda é 9,3% em relação ao mesmo período do ano passado.

As vendas de junho também registraram índices negativos, com total de 332,2 mil toneladas - uma retração de 2,8% quando comparado aos dados de maio. Porém, as vendas subiram 1,6% em relação ao mesmo mês de 2010. No acumulado (janeiro a junho de 2011), as vendas de produtos siderúrgicos cresceram 7,8% em relação ao ano anterior.

Como resultado do desempenho apresentado pelas compras e vendas de aço no mês de junho, os estoques da distribuição tiveram queda de 3,5% em relação a maio, totalizando 1.213,4 mil toneladas. Já em relação a junho de 2010, os estoques registraram alta de 3,9%.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar