acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Projeção

Impacto de hidrelétricas deverá ser pequeno no Parque do Turvo

11/08/2010 | 10h13
Do trecho de 40 quilômetros do Rio Uruguai às margens do Parque Estadual do Turvo, no município de Derrubadas, no noroeste gaúcho, pouco mais de 10% devem ser afetados pelas duas hidrelétricas que serão construídas na região. A projeção é do engenheiro ambiental Luiz Mendonça, da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), com base nos dados informados até agora pelo governo federal.


Apontado como uma das sete maravilhas do Estado, o Salto do Yucumã deve mesmo ficar imune ao impacto das obras, conforme assegurou a ZH o ministro de Minas e Energia, Marcio Zimmermann. De acordo com o ministério, a barragem da usina de Panambi, a mais próxima do parque, ficará a 130 metros acima do nível do mar.


Um dos maiores saltos longitudinais do mundo, com 1,8 quilômetro, o Yucumã não seria atingido por estar, no ponto mais baixo, cinco metros acima da cota do lago da hidrelétrica, explica Mendonça.


Estimativa de custo das duas hidrelétricas é de R$ 8 bilhões


No Parque do Turvo, apenas 4,2 quilômetros do trecho do rio devem ser afetados, o equivalente à distância a ser percorrida margem acima até chegar ao ponto com os mesmos 130 metros da barragem. A área alagada, entretanto, será provavelmente pequena, diz o engenheiro.


– Naquele local, o rio corre encaixado entre morros – explica Mendonça.


A conclusão vai ao encontro das estimativas do governo federal. Segundo o secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do ministério, Altino Ventura Filho, apenas uma parcela do parque será afetada, mas a área alagada seria equivalente à extensão inundada em época de cheia.


Projeto conjunto entre Brasil e Argentina, as hidrelétricas de Garabi e Panambi devem custar R$ 8 bilhões e gerar 2 mil megawatts (MW). As obras têm início previsto para 2013.



Fonte: Zero Hora
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar