acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

Ibama autoriza implantação da Linha de Transmissão Salto Santiago, no Sul

14/02/2013 | 12h14

 

O Ibama emitiu licença autorizando a Instalação da Linha de Transmissão 525 kV Salto Santiago - Itá - Nova Santa Rita (C2), situada na região sul do Brasil. Esta linha de 492 Km, atravessa 48 municípios sendo seis no Paraná, 10 em Santa Catarina e 32 no Rio Grande do Sul.
A abertura do processo se deu em abril de 2012, a emissão do Termo de Referência pelo Ibama aconteceu em junho de 2012, já no modelo da Portaria 421/2011 para linhas de transmissão.
O Estudo de Impacto Ambiental foi apresentado ao Ibama em setembro de 2012 e o seu aceite foi dado no mesmo mês. A Licença Prévia  foi concedida em dezembro de 2012.
Esforços do Ibama resultaram na redução de 172 dias nos prazos previstos para emissão de LP e mais 76 dias no prazo previsto para a LI. No total, 256 dias ou 8,5 meses de adiantamento nos prazos totais para o licenciamento. O trabalho está sendo realizado por analistas ambientais do Ibama lotados nos núcleos de licenciamento do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina. 

O Ibama emitiu licença autorizando a Instalação da Linha de Transmissão 525 kV Salto Santiago - Itá - Nova Santa Rita (C2), situada na região sul do Brasil. Esta linha de 492 Km, atravessa 48 municípios sendo seis no Paraná, 10 em Santa Catarina e 32 no Rio Grande do Sul.


A abertura do processo se deu em abril de 2012, a emissão do Termo de Referência pelo Ibama aconteceu em junho de 2012, já no modelo da Portaria 421/2011 para linhas de transmissão.


O Estudo de Impacto Ambiental foi apresentado ao Ibama em setembro de 2012 e o seu aceite foi dado no mesmo mês. A Licença Prévia  foi concedida em dezembro de 2012.


Esforços do Ibama resultaram na redução de 172 dias nos prazos previstos para emissão de LP e mais 76 dias no prazo previsto para a LI. No total, 256 dias ou 8,5 meses de adiantamento nos prazos totais para o licenciamento. O trabalho está sendo realizado por analistas ambientais do Ibama lotados nos núcleos de licenciamento do Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina.

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar