acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

HRT O&G e TNK-Brasil negociam parceria em 21 blocos na Bacia do Solimões

30/01/2012 | 09h40
HRT O&G e TNK-Brasil negociam parceria em 21 blocos na Bacia do Solimões
HRT O&G e TNK-Brasil negociam parceria em 21 blocos na ... HRT O&G e TNK-Brasil negociam parceria em 21 blocos na ...
A HRT apresentou à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) o pedido de transferência de 45% dos 21 blocos na Bacia do Solimões para a subsidiaria brasileira da TNK-BP, TNK-Brasil Exploração e Produção de Óleo e Gás Natural Ltda.

Para concluir a aquisição, a TNK-Brasil apresentou uma carta de crédito no valor de US$ 1 bilhão, que serão pagos em cinco parcelas em um período de dois anos, de acordo com o Farm-In Agreement (FIA) assinado pelas partes em 31 de outubro de 2011.

A HRT O&G e TNK-Brasil também assinaram o First Amendment do FIA, no qual a HRT O&G assumirá os custos incorridos na Bacia do Solimões em 2011, bem como carregará a TNK-Brasil nos primeiros 175 milhões de dólares americanos dos investimentos da campanha exploratória a partir de janeiro de 2012.
 
Em contrapartida, a TNK-Brasil pagará até US$ 250 milhões quando cinco metas de desempenho forem atingidas (os pagamentos serão devidos a HRT uma vez individualmente atingidas cada uma das metas de desempenho), que são: (i) realização de um teste de longa duração, (ii) produção acumulada de 2,5 milhões de barris de líquidos, (iii) monetização de 500 mil metros cúbicos de gás por dia por meio de um ou mais contratos de fornecimento de gás, (iv) compartilhamento de infraestrutura, e (v) certificação de 500 milhões de barris de líquidos em reservas 2P.

“A HRT esta satisfeita por ter a TNK-BP como sua parceira no Solimões. Com o compartilhamento de nossas experiências e capacidades técnicas estamos seguros do sucesso de nossa campanha exploratória na região”, comentou Marcio Rocha Mello, diretor presidente da HRT.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar