acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás

HRT conclui testes de formação em poço no Amazonas

09/01/2013 | 11h31
HRT conclui testes de formação em poço no Amazonas
Divulgação Divulgação

 

A HRT O&G Exploração e Produção de Petróleo Ltda (HRT O&G) concluiu, no dia 7 de janeiro, os testes de formação a poço revestido do poço 1-HRT-10-AM, no prospecto Tucumã (1-HRT-192/02-AM), localizado no Bloco SOL-T-192, Bacia Sedimentar do Solimões, município de Tefé, Estado do Amazonas.
Os resultados dos testes, de acordo com a empresa, comprovam a extensão para sul do potencial gaseífero dos blocos SOL-T-191 e SOLT- 192 e abrem uma grande perspectiva exploratória para os Blocos SOL-T-214, SOL-T-215 e SOL-T-216, segundo o comunicado da empresa.
“A presença de gases mais úmidos e condensados nos testes realizados comprova o modelo geológico interpretado para a área e consolida o potencial de gás na região e o projeto de monetização de gás”, diz a HRT.
No local, foram mapeados vários prospectos exploratórios visando à perfuração de novos poços.
Milton Franke, presidente da HRT O&G, afirmou na nota que esse teste positivo confirma a existência de uma nova tendência estrutural nos blocos para o sul e sudoeste do poço.
A atividade exploratória nos 21 blocos na Bacia do Solimões é realizada em parceria com a TNK-Brasil.

A HRT O&G Exploração e Produção de Petróleo Ltda (HRT O&G) concluiu, no dia 7 de janeiro, os testes de formação a poço revestido do poço 1-HRT-10-AM, no prospecto Tucumã (1-HRT-192/02-AM), localizado no Bloco SOL-T-192, Bacia Sedimentar do Solimões, município de Tefé, estado do Amazonas.


Os resultados dos testes, de acordo com a empresa, comprovam a extensão para sul do potencial gaseífero dos blocos SOL-T-191 e SOLT- 192 e abrem uma grande perspectiva exploratória para os Blocos SOL-T-214, SOL-T-215 e SOL-T-216, segundo o comunicado da empresa.


“A presença de gases mais úmidos e condensados nos testes realizados comprova o modelo geológico interpretado para a área e consolida o potencial de gás na região e o projeto de monetização de gás”, diz a HRT.


No local, foram mapeados vários prospectos exploratórios visando à perfuração de novos poços.


Milton Franke, presidente da HRT O&G, afirmou na nota que esse teste positivo confirma a existência de uma nova tendência estrutural nos blocos para o sul e sudoeste do poço.


A atividade exploratória nos 21 blocos na Bacia do Solimões é realizada em parceria com a TNK-Brasil.



Fonte: Redação / Agência
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar