acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Inovação

Grupo RMG lança primeira ferramenta de medição da qualidade do gás natural

10/10/2013 | 14h35

 

O grupo RMG da Honeywell anunciou o lançamento de um dispositivo que permite que operadores mensurem a qualidade do gás natural, levando em consideração componentes como o hidrogênio e o oxigênio, com um único instrumento: o PGC 9303 Process Gas Chromatograph.
Aprovado para garantir a transferência das aplicações sob custódia do Instituto Nacional de Metrologia PTB, da Alemanha, a ferramenta auxilia os usuários a identificar o valor calorífico do gás natural de acordo com a rede de distribuição, reduzindo os custos, já que o consumo de combustível também diminui. O dispositivo garante precisão de, aproximadamente, 10%, além de conseguir medir mais de 5% do hidrogênio e do hélio como gás para combustível. Dessa maneira, o aplicativo é adequado para demandas de energias renováveis, biogás e aplicações de energia a gás sob condições metrológicas. Essa precisão do cromatógrafo no processo do gás reduz os custos operacionais, além de aumentar a precisão e a confiabilidade ao determinar o uso de energia.
“Com o aumento da disponibilidade de fontes de energia renovável, os operadores precisam de habilidade para medir os componentes de hidrogênio e oxigênio no gás natural”, explica Frank Michels, gerente geral da do grupo RMG Gas Metering. “Nosso grupo desempenhou um papel pioneiro no desenvolvimento do PGC, que é o primeiro cromatógrafo do mundo capaz de medir o gás natural, o hidrogênio e o oxigênio, em uma única ferramenta”.
O dispositivo pode ser usado para transmissão de gás e na operação de empresas, operações de armazenamento subterrâneo, indústrias com grande consumo de gás, bem como na engenharia, aquisição e construção (EPC) contratos e estações de construção.
O PGC 9303 faz a medição da porcentagem de 12 componentes primários para o cálculo do gás comprimido com base no AGA 8 fator de super compressibilidade. Esses dados são a base para o cálculo superior e inferior do valor calorífico, pradão de densidade, densidade relativa e Wobbe Index – índice usado para comparar a geração de energia a partir de diversos tipos de gases - usando as características dos componentes baseados nas normas ISO 6976 ou GPA 2172-09. As técnicas de medidas do dispositivo permitem que o conteúdo energético do gás medido seja determinado para efeitos de faturamento.
A série de cromatógrafos de gás PGC pode ser oferecida atualmente em três configurações diferentes - PGC 9300, PGC 9302 e PGC 9303. Os instrumentos têm módulos de instalação e podem ser equipados com duas ou três colunas modulares, dependendo dos componentes de gás a serem medidos.
O PGC 9303 está disponível globalmente, exceto para a América do Norte. Assim como as aprovações gerais, ATEX e IECS, também estão acessíveis e as aprovações metrológicas locais podem ser aplicadas.

O grupo RMG da Honeywell anunciou o lançamento de um dispositivo que permite que operadores mensurem a qualidade do gás natural, levando em consideração componentes como o hidrogênio e o oxigênio, com um único instrumento: o PGC 9303 Process Gas Chromatograph.


Aprovado para garantir a transferência das aplicações sob custódia do Instituto Nacional de Metrologia PTB, da Alemanha, a ferramenta auxilia os usuários a identificar o valor calorífico do gás natural de acordo com a rede de distribuição, reduzindo os custos, já que o consumo de combustível também diminui. O dispositivo garante precisão de, aproximadamente, 10%, além de conseguir medir mais de 5% do hidrogênio e do hélio como gás para combustível. Dessa maneira, o aplicativo é adequado para demandas de energias renováveis, biogás e aplicações de energia a gás sob condições metrológicas. Essa precisão do cromatógrafo no processo do gás reduz os custos operacionais, além de aumentar a precisão e a confiabilidade ao determinar o uso de energia.


“Com o aumento da disponibilidade de fontes de energia renovável, os operadores precisam de habilidade para medir os componentes de hidrogênio e oxigênio no gás natural”, explica Frank Michels, gerente geral da do grupo RMG Gas Metering. “Nosso grupo desempenhou um papel pioneiro no desenvolvimento do PGC, que é o primeiro cromatógrafo do mundo capaz de medir o gás natural, o hidrogênio e o oxigênio, em uma única ferramenta”.


O dispositivo pode ser usado para transmissão de gás e na operação de empresas, operações de armazenamento subterrâneo, indústrias com grande consumo de gás, bem como na engenharia, aquisição e construção (EPC) contratos e estações de construção.


O PGC 9303 faz a medição da porcentagem de 12 componentes primários para o cálculo do gás comprimido com base no AGA 8 fator de super compressibilidade. Esses dados são a base para o cálculo superior e inferior do valor calorífico, pradão de densidade, densidade relativa e Wobbe Index – índice usado para comparar a geração de energia a partir de diversos tipos de gases - usando as características dos componentes baseados nas normas ISO 6976 ou GPA 2172-09. As técnicas de medidas do dispositivo permitem que o conteúdo energético do gás medido seja determinado para efeitos de faturamento.


A série de cromatógrafos de gás PGC pode ser oferecida atualmente em três configurações diferentes - PGC 9300, PGC 9302 e PGC 9303. Os instrumentos têm módulos de instalação e podem ser equipados com duas ou três colunas modulares, dependendo dos componentes de gás a serem medidos.


O PGC 9303 está disponível globalmente, exceto para a América do Norte. Assim como as aprovações gerais, ATEX e IECS, também estão acessíveis e as aprovações metrológicas locais podem ser aplicadas.

 



Fonte: Ascom Honeywell
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar