acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Etanol

Grupo Delta assume equipe da Coimex

08/02/2010 | 16h59
Grupo Delta assume equipe da Coimex
Grupo Delta assume equipe da Coimex Grupo Delta assume equipe da Coimex
Com origem no setor elétrico, o Grupo Delta Energia acaba de assumir – por meio de sua controlada Delta Trading – a equipe de etanol da Coimex, uma das mais tradicionais tradings do Brasil. A operação permitirá ao grupo internacionalizar sua atuação, dominando integralmente a comercialização e a logística do produto, da porta da usina à porta do consumidor final no exterior, a exemplo do que ocorre nas grandes tradings internacionais.

Comercializador independente do mercado livre de energia elétrica, o Grupo Delta Energia decidiu, em 2007, diversificar as áreas de atuação e transformar-se, no médio prazo, em trading de commodities energéticas. O primeiro passo foi ingressar no setor de etanol onde, inicialmente, concentrou-se na realização operações no mercado à vista e futuro da BM&F e, na seqüência, na venda do produto para clientes do exterior em parceria com outras tradings.  

Em 2008, adquiriu um conjunto de tanques para estocagem do produto e, no início de 2010, assumiu a equipe de etanol da Coimex liderada por Manfred Wefers, profissional com 30 anos de experiência na área e passagem, no Brasil e Europa, por grupos como Cargill, Bunge e Veríssimo. Esta operação permitirá à Delta Trading manter, também, um escritório em Genebra, Suíça.

“A operação valoriza a sinergia existente entre as duas empresas: a Delta e a Coimex”, explica Eolo Mauro, gerente da Delta Trading. “A equipe da Delta é forte no mercado interno e a da Coimex, no externo. Com a incorporação, formamos uma equipe forte em toda a cadeia de venda e distribuição do produto”. Segundo o executivo, este passo permitirá à Delta quadruplicar, em 2010, o faturamento verificado em 2009 (R$ 25 milhões), atingindo valores próximos a R$ 100 milhões.  “Com a contratação, vamos conseguir, em 2010, o faturamento que projetamos para os próximos dois anos”, diz Eolo.

A proposta é atuar junto a clientes da Europa, Ásia e Estados Unidos.  “A Delta tem foco e disposição para crescer”, explica Wefers, que, junto com a equipe de profissionais, iniciou as atividades na empresa em 1 de fevereiro de 2010. “Para ter sucesso neste setor, é preciso dominar a maior parte da logística, composta pelo contato com o produtor brasileiro, armazenamento/transporte e trading no exterior”, avalia. “Agora, a Delta possui tudo isso”.

Fonte: Da Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar