acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Geração distribuída

Green Solar apresenta soluções para esgotamento das fontes de energia

28/04/2016 | 16h08

A Green Solar – pioneira no mercado solar do Rio de Janeiro e quarta maior corporação do Brasil no mercado de geração distribuída - é uma empresa especializada no desenvolvimento de sistema solar fotovoltaico. O propósito da Green Solar é agregar valor ao mercado de energia através de soluções sustentáveis que buscam o desenvolvimento de novas fontes.

Fontes alternativas ganham força

A cada dia o assunto do esgotamento das fontes de combustíveis fósseis ganha mais força em relação à produção energética. A busca por fontes alternativas de obtenção de energia aparece como solução para tal problema. Após o investimento inicial ser recuperado – seja em grandes projetos, em empresas ou em residências -, a energia solar torna-se gratuita e se estenderá enquanto o sistema estiver ativo. Tendo uma durabilidade de até 35 anos.

Depois da regulamentação da resolução 482 da ANEEL – que estabelece as condições gerais para o acesso de minigeração e microgeração – qualquer empresa ou pessoa pode gerar sua própria energia e gerar crédito direto na fatura de energia. A Green Solar trabalha com três modalidades: sistema solar elétrico (on grid), sistema solar, térmico (aquecimento) e sistema solar autônomo (postes).

“Um mercado com potencial enorme em virtude do clima e da necessidade de mudança em nossa matriz energética, com os consumidores gerando sua própria energia diminuímos consumo e a dependência das fonte já desgastadas”, afirma Maurício Ribeiro, diretor da Green Solar.

Modalidades de energia solar

Sistema solar elétrico ou on grid: o Sistema Fotovoltaico é a forma de gerar energia limpa, renovável sem agredir o meio ambiente. É silencioso e não precisa de manutenção. A eletricidade produzida agora pode ser introduzida na rede elétrica de qualquer residência ou empresa, e o excedente dessa energia é enviado a rede pública gerando crédito na próxima conta de luz.

Sistema Solar Térmico para aquecimento: garante o aquecimento da água mesmo em dias de chuva. Os coletores (placas) localizados no telhado aquecem a água que circula e é armazenada no reservatório térmico que a mantém aquecida para quando for utilizada. É possível controlar a temperatura da água através de um termostato. Desta forma, o chuveiro elétrico e o aquecedor a gás não são mais utilizados, apenas o sol é a fonte de geração.

Sistema solar autônomo ou Off Grid é independente da rede pública, sendo composto por bancos de baterias e controladores de carga. A bateria tem a função de armazenar a energia gerada e alimentar os equipamentos no período noturno ou sem Sol. A quantidade de baterias de cada sistema irá determinar a autonomia neste período. Ideal para estacionamentos, condomínios, praças e orlas.

Potencial Solar no Brasil

O tempo de insolação no Brasil é de 2.200 horas. Santa Catarina – o estado com menor irradiação do país – emite 30% acima da média da irradiação da Alemanha, país este que conta com 1/3 da matriz enérgica vinda da geração solar.

Segundo cálculos da ABRAVA - Associação Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Ventilação e Aquecimento – 1m2 de módulo solar substitui 215 quilos de lenha, 66 litros de diesel, 55 quilos de gás e evita 56m2 de área inundada.



Fonte: Assessoria/Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar