acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Exploração e Produção

Graça Foster lança programa para aumentar eficiência operacional na Bacia de Campos

30/07/2012 | 10h00
Graça Foster lança programa para aumentar eficiência operacional na Bacia de Campos
Graça Foster visita plataforma P-33 antes de lançar Proef. Agência ... Graça Foster visita plataforma P-33 antes de lançar Proef. Agência ...

 

A presidente da Petrobras, Graça Foster, lançou na sexta-fera (27) o Programa de Aumento da Eficiência Operacional da Bacia de Campos (Proef). A cerimônia foi realizada na Base de Imbetiba, em Macaé, com a presença do diretor de Exploração e Produção, José Formigli, e de gerentes executivos.
O Proef é um programa estruturante de apoio ao Plano de Negócios e Gestão 2012-2016, e foi elaborado com ações específicas para cada sistema de produção da Unidade de Operações da Bacia de Campos (UO-BC). O objetivo é restaurar e consolidar o retorno da eficiência operacional dessa unidade de operações a seus níveis históricos próximos de 90% e, com isso, garantir a entrega da curva de óleo prevista no cronograma da companhia.
Durante sua apresentação, Graça Foster afirmou que a preocupação com a curva de produção da Petrobras não é de hoje. "Essa preocupação vem de muito tempo, quando eu ainda era diretora de Gás e Energia. Todos nós temos compromissos enormes. Todo o óleo produzido é um retorno aos nossos acionistas, aos investidores e a nossos controladores. Mas é, acima de tudo, um compromisso com o Brasil".
"Usando a experiência e a oportunidade de melhorias que sempre pautaram as ações da Petrobras, houve na diretoria uma grande mobilização para organizarmos um programa que de fato resulte no aumento da eficiência da Bacia de Campos", disse Formigli. "Nós acreditamos que a recuperação da eficiência é absolutamente possível. E já teremos resultados a partir de 2012", concluiu.
Coordenadora do programa, a gerente executiva de Engenharia de Produção, Solange Guedes, detalhou o programa e convocou todos os gerentes responsáveis. Solange Guedes citou um a um os gerentes das plataformas pontuando os projetos em andamento de cada uma das 35 unidades, de produção e de processamento, incluídas no PROEF. A gerente executiva insistiu que as ações pelo aumento da eficiência dependem da integração de cada uma das equipes envolvidas.
Antes de chegar à base da Petrobras, em Macaé, Graça Foster, o diretor Formigli, os gerentes executivos de E&P, Solange Guedes, Erardo Gomes Barbosa Filho, Cristina Pinho e José Luiz Roque, de Desempenho, Mario Jorge da Silva e o gerente geral da Bacia de Campos, Joelson Falcão Mendes, visitaram a plataforma P33, importante unidade da Bacia de Campos.

A presidente da Petrobras, Graça Foster, lançou na sexta-fera (27) o Programa de Aumento da Eficiência Operacional da Bacia de Campos (Proef). A cerimônia foi realizada na Base de Imbetiba, em Macaé, com a presença do diretor de Exploração e Produção, José Formigli, e de gerentes executivos.


O Proef é um programa estruturante de apoio ao Plano de Negócios e Gestão 2012-2016, e foi elaborado com ações específicas para cada sistema de produção da Unidade de Operações da Bacia de Campos (UO-BC). O objetivo é restaurar e consolidar o retorno da eficiência operacional dessa unidade de operações a seus níveis históricos próximos de 90% e, com isso, garantir a entrega da curva de óleo prevista no cronograma da companhia.


Durante sua apresentação, Graça Foster afirmou que a preocupação com a curva de produção da Petrobras não é de hoje. "Essa preocupação vem de muito tempo, quando eu ainda era diretora de Gás e Energia. Todos nós temos compromissos enormes. Todo o óleo produzido é um retorno aos nossos acionistas, aos investidores e a nossos controladores. Mas é, acima de tudo, um compromisso com o Brasil".


"Usando a experiência e a oportunidade de melhorias que sempre pautaram as ações da Petrobras, houve na diretoria uma grande mobilização para organizarmos um programa que de fato resulte no aumento da eficiência da Bacia de Campos", disse Formigli. "Nós acreditamos que a recuperação da eficiência é absolutamente possível. E já teremos resultados a partir de 2012", concluiu.


Coordenadora do programa, a gerente executiva de Engenharia de Produção, Solange Guedes, detalhou o programa e convocou todos os gerentes responsáveis. Solange Guedes citou um a um os gerentes das plataformas pontuando os projetos em andamento de cada uma das 35 unidades, de produção e de processamento, incluídas no PROEF. A gerente executiva insistiu que as ações pelo aumento da eficiência dependem da integração de cada uma das equipes envolvidas.


Antes de chegar à base da Petrobras, em Macaé, Graça Foster, o diretor Formigli, os gerentes executivos de E&P, Solange Guedes, Erardo Gomes Barbosa Filho, Cristina Pinho e José Luiz Roque, de Desempenho, Mario Jorge da Silva e o gerente geral da Bacia de Campos, Joelson Falcão Mendes, visitaram a plataforma P33, importante unidade da Bacia de Campos.



Fonte: Agência Petrobras
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar