acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Setor Elétrico

Governo está se empenhando para que país não sofra falta de energia, afirma Dilma Rousseff

28/07/2004 | 00h00

A ministra de Minas e Energia, Dilma Rousseff, disse que o governo está se empenhando para que o país não tenha falta de energia nos próximos anos. Ela explicou que, agora, concluído o modelo do setor elétrico, a preocupação do governo é integrar a questão ambiental e a efetivação de financiamentos para os projetos, tanto para os que estão em andamento como para os que serão apresentados. Dilma Rousseff afirmou que, no caso da energia, sempre vão surgir empreendimentos novos para atender a demanda crescente. "Os empreendimentos sempre vão ter um prazo. Isso nunca vai parar. Sempre iremos estar trabalhando para atender o futuro", afirmou Dilma.
A ministra afirmou que o país precisa ter clareza e saber que, se não forem feitos os investimentos, não haverá energia para atender a demanda. Dilma destacou a necessidade da interface freqüente entre os ministérios de Minas e Energia e do Meio Ambiente.
Ela informou que existem 45 projetos para a produção de energia nova a serem executados. Desses, segundo a ministra, 21 estão mais adiantados porque algumas questões que estavam provocando atraso, como a falta de licença ambiental e de formalização de financiamentos, estão sendo resolvidas. Outros 24 projetos, informou, passam por uma fase mais lenta para a solução de entraves semelhantes aos dos mais avançados. "Esses 24 empreendimentos são decisivos e estratégicos para a expansão do setor elétrico brasileiro", explicou.
A ministra disse que agradece quando são divulgados alguns alertas de instituições sobre a possibilidade de falta de energia porque há necessidade constante de investimentos no setor.
Dilma Rousseff participou no Rio do 5º Encontro Anual do Setor Elétrico, no hotel Sheraton.



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar