acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Governo dinamarquês e Targit oficializam parceria

11/09/2012 | 12h01

 

De olho no aquecido mercado de Business Intelligence (BI) no Brasil, que nos últimos anos movimentou mais de US$ 300 milhões, segundo o IDC (International Data Corporation), o governo da Dinarmarca escolheu a operação brasileira da Targit, companhia dinarmarquesa especializada em Business Intelligence, para ilustrar o seu novo programa de crescimento econômico.
Promovido pelo Ministério de Relações Exteriores da Dinamarca, o projeto visa amlipar suas exportações e estreitar relações comercias com países sul-americanos através da disseminação do BI em empresas de diferentes portes.
Entre os principais fatores que influenciaram o país nórdico a escolher pelo Brasil na difusão do Business Intelligence, está o potencial em implementar a solução no cenário econômico nacional. "Há um interesse enorme em BI no país. Na úlitma visita ao Brasil estabelecemos dois acordos estratégicos com novos parceiros que têm gerado negócios significativos à Targit", diz Flemming Madsen, vice-presidente de vendas globais da Targit.
Segundo Madsen, nesta primeira etapa da aliança, a estratégia será implementar modelos de négocios mais agressivos através de ações de marketing que possam garantir a fidelidade e, sobretudo, o sucesso dos futuros clientes da Targit Brasil. “Nossa abordagem para exportar o software sempre foi pragmática. Agora, com a adesão de um orgão oficial, teremos mais impulso para aprimorar o nosso plano de go to market em novos mercados”, aponta o executivo.
A meta do projeto é fazer do Brasil um player dominante no mercado até final de 2012. “Em nosso país há uma demanda por soluções em BI com capacidade analítica, facilidade de uso e rápido retorno sobre o investimento. Ainda este ano, esperamos que, com esta iniciativa feita com o governo da Dinamarca, tenhamos um crescimento forte na procura de parceiros com expertise em diversos segmentos da economia para juntos aplicarmos o nosso modelo de negócios”, finaliza o CEO da Targit Brasil, Allan Pires.

De olho no aquecido mercado de Business Intelligence (BI) no Brasil, que nos últimos anos movimentou mais de US$ 300 milhões, segundo o IDC (International Data Corporation), o governo da Dinarmarca escolheu a operação brasileira da Targit, companhia dinarmarquesa especializada em Business Intelligence, para ilustrar o seu novo programa de crescimento econômico.


Promovido pelo Ministério de Relações Exteriores da Dinamarca, o projeto visa ampliar suas exportações e estreitar relações comercias com países sul-americanos através da disseminação do BI em empresas de diferentes portes.


Entre os principais fatores que influenciaram o país nórdico a escolher pelo Brasil na difusão do Business Intelligence, está o potencial em implementar a solução no cenário econômico nacional. "Há um interesse enorme em BI no país. Na úlitma visita ao Brasil estabelecemos dois acordos estratégicos com novos parceiros que têm gerado negócios significativos à Targit", diz Flemming Madsen, vice-presidente de vendas globais da Targit.


Segundo Madsen, nesta primeira etapa da aliança, a estratégia será implementar modelos de négocios mais agressivos através de ações de marketing que possam garantir a fidelidade e, sobretudo, o sucesso dos futuros clientes da Targit Brasil. “Nossa abordagem para exportar o software sempre foi pragmática. Agora, com a adesão de um orgão oficial, teremos mais impulso para aprimorar o nosso plano de go to market em novos mercados”, aponta o executivo.


A meta do projeto é fazer do Brasil um player dominante no mercado até final de 2012. “Em nosso país há uma demanda por soluções em BI com capacidade analítica, facilidade de uso e rápido retorno sobre o investimento. Ainda este ano, esperamos que, com esta iniciativa feita com o governo da Dinamarca, tenhamos um crescimento forte na procura de parceiros com expertise em diversos segmentos da economia para juntos aplicarmos o nosso modelo de negócios”, finaliza o CEO da Targit Brasil, Allan Pires.

 



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar