acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Eletricidade

Governo de SP conhece processo de geração de energia na ETE Ribeirão Preto

01/10/2013 | 14h51

 

O subsecretário de Energias Renováveis da Secretaria de Energia do Governo do Estado de São Paulo, Milton Flávio Lautenschlager, conheceu o sistema de geração de energia a partir do biogás da Estação de Tratamento de Esgoto Ribeirão Preto, operada pela empresa Ambient S/A. A visita aconteceu no dia 26 de setembro.
A ETE Ribeirão Preto trata atualmente 110 mil m³ de esgoto por dia com 96% de eficiência na remoção da carga orgânica. As 50 toneladas de resíduos resultantes do processo de tratamento geram mais de 8 mil m³ de gás por dia. O sistema de geração entrou em operação em 2011 com um investimento de R$ 5 milhões. São gerados 16.725 kWh por dia através de dois moto-geradores, que têm capacidade 752 kw cada. A estação é a única no país a produzir energia nesta escala a partir do gás resultante do processo de tratamento do esgoto.
Na visita, o subsecretário disse que o governo paulista estuda um modelo de incentivos fiscais para a produção de energia a partir de fontes alternativas. Milton explicou que o incentivo do governo nesse tipo de geração de energia objetiva a injeção de 15% da produção na rede elétrica em um prazo de 10 anos.
Além desta estação, a Ambient S/A também opera a ETE Caiçara em Ribeirão Preto.

O subsecretário de Energias Renováveis da Secretaria de Energia do Governo do Estado de São Paulo, Milton Flávio Lautenschlager, conheceu o sistema de geração de energia a partir do biogás da Estação de Tratamento de Esgoto Ribeirão Preto, operada pela empresa Ambient S/A. A visita aconteceu no dia 26 de setembro.

A ETE Ribeirão Preto trata atualmente 110 mil m³ de esgoto por dia com 96% de eficiência na remoção da carga orgânica. As 50 toneladas de resíduos resultantes do processo de tratamento geram mais de 8 mil m³ de gás por dia. O sistema de geração entrou em operação em 2011 com um investimento de R$ 5 milhões. São gerados 16.725 kWh por dia através de dois moto-geradores, que têm capacidade 752 kw cada. A estação é a única no país a produzir energia nesta escala a partir do gás resultante do processo de tratamento do esgoto.

Na visita, o subsecretário disse que o governo paulista estuda um modelo de incentivos fiscais para a produção de energia a partir de fontes alternativas. Milton explicou que o incentivo do governo nesse tipo de geração de energia objetiva a injeção de 15% da produção na rede elétrica em um prazo de 10 anos.

Além desta estação, a Ambient S/A também opera a ETE Caiçara em Ribeirão Preto.

 



Fonte: Revista TN Petróleo, Redação com Assessoria
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar