acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia Eólica

Governo busca interessados em investir em linhas de transmissão

19/02/2016 | 12h45

Em meio às dificuldades para a consolidação de novos projetos de transmissão, o governo federal busca hoje atrair investidores para empreendimentos já existentes no mercado nacional. O Ministério de Minas e Energia (MME) vem se reunindo com empresas do setor energético para encontrar grupos interessados em assumir projetos e reativar investimentos da Abengoa, que paralisou todas as suas obras no país devido a dificuldades financeiras em sua matriz, na Espanha.

O objetivo é fomentar uma retomada de crescimento no mercado brasileiro de linhas de transmissão, que vive hoje uma queda acentuada de projetos e vem segurando novos investimentos energéticos no país. Para isso, o governo tem discutido possíveis compromissos com investidoras da área, como a Engevix e Alupar.

As reuniões, lideradas pelo secretário-executivo do MME, Luiz Eduardo Barata, também incluíram empresas estrangeiras, como as espanholas Elecnor e Cymimasa, e a estatal chinesa State Grid. O Ministério também busca negociar investimentos com companhias do setor eólico, afetado diretamente pela baixa nos projetos de transmissão, e já deu início a diálogos com a Enel Green Power, Casa dos Ventos e Renova.

Em entrevista recente ao Petronotícias, a presidente da Associação Brasileira de Energia Eólica (ABEEólica), Élbia Gannoum, afirmou que a redução de investimentos em transmissão deve resultar em uma maior demora para a concretização de novos parques. Para a indústria energética, a retomada de ativos da Abengoa pode representar uma melhora no escoamento de usinas geradoras, além de evitar possíveis atrasos na conclusão de empreendimentos.



Fonte: TN Sustentável
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar