acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Oportunidade

Governo britânico deve receber 10 mil estudantes brasileiros

22/10/2012 | 09h25
Governo britânico deve receber 10 mil estudantes brasileiros
Embaixador do Reino Unido no Brasil, Alan Charlton Embaixador do Reino Unido no Brasil, Alan Charlton

 

O governo britânico espera receber nos próximos quatro anos 10 mil estudantes brasileiros, por meio do Programa Ciência sem Fronteiras, segundo o embaixador do Reino Unido no Brasil, Alan Charlton. Ele participou no sábado (20) das atividades da 9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e fez palestra para estudantes interessados em estudar no Reino Unido.
Segundo o embaixador, aproximadamente 130 universidades britânicas participam do programa para receber estrangeiros. “A internacionalização das universidades é importante para nossa economia”, disse o embaixador. Ele destacou que, por meio do programa, é possível haver trocas de conhecimento e conexão entre pessoas de diversos países na universidade. Além disso, destacou que os estudantes estrangeiros ajudam a economia local das cidades onde ficam.
O governo britânico tem feito palestras em várias cidades do país para divulgar aos estudantes brasileiros a oportunidade de estudar no exterior.
Até 2015, a expectativa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), é que 101 mil brasileiros estudem em universidades de todo o mundo, por meio do Ciência sem Fronteiras.

O governo britânico espera receber nos próximos quatro anos 10 mil estudantes brasileiros, por meio do Programa Ciência sem Fronteiras, segundo o embaixador do Reino Unido no Brasil, Alan Charlton. Ele participou no sábado (20) das atividades da 9ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia e fez palestra para estudantes interessados em estudar no Reino Unido.


Segundo o embaixador, aproximadamente 130 universidades britânicas participam do programa para receber estrangeiros. “A internacionalização das universidades é importante para nossa economia”, disse o embaixador. Ele destacou que, por meio do programa, é possível haver trocas de conhecimento e conexão entre pessoas de diversos países na universidade. Além disso, destacou que os estudantes estrangeiros ajudam a economia local das cidades onde ficam.


O governo britânico tem feito palestras em várias cidades do país para divulgar aos estudantes brasileiros a oportunidade de estudar no exterior.


Até 2015, a expectativa da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), é que 101 mil brasileiros estudem em universidades de todo o mundo, por meio do Ciência sem Fronteiras.

 

Mais informações: www.cienciasemfronteiras.gov.br



Fonte: Agência Brasil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar