acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Encontro

Governador recebe executivos chineses e discute investimentos em transporte

29/07/2011 | 09h54
O governador Beto Richa recebeu nesta quinta-feira (28) uma comitiva de executivos chineses que vieram ao Paraná conhecer os projetos do governo estadual para as áreas de infaestrutura e energia. O grupo da estatal Aviation Industry Corporation of China – AVIC/XAC está interessado em formalizar parcerias e realizar investimentos na área de transporte multimodal. Os chineses estão desde terça-feira (26) em Curitiba, onde cumprem um roteiro de visitas técnicas e encontros com secretários de Estado e dirigentes de empresas estatais e privadas.
 

“É uma grande corporação mundial e esse contato poderá trazer bons frutos. Temos um grande plano para melhorar a infraestrutura do nosso Estado e uma nova política de atração de investimentos”, disse o governador. Richa apresentou à comitiva o projeto de construir um grande aeroporto de cargas no Estado e uma ferrovia ligando o Paraná ao Mato Grosso do Sul e ao Paraguai. “São obras grandes que necessitam de tecnologia. Tenho certeza que nisso os chineses podem nos ajudar muito”, destacou.

O presidente da AVIC/XAC, Martino Schiera, disse que a intenção não é somente investir no Brasil, mas também compartilhar conhecimento e contribuir com a prosperidade do povo paranaense. “Queremos criar juntos um novo caminho de desenvolvimento e prosperidade para as novas gerações”, afirmou Schiera. A corporação é considerada uma das maiores da Ásia e atua em diversas áreas, como construção de aviões militares, refinaria de petróleo e geração e distribuição de energia elétrica.
 

O secretário para Assuntos Estratégicos, Edson Casagrande, acompanhou a comitiva e destacou que o objetivo da visita é conhecer os projetos e programas do Paraná e construir um relacionamento mais próximo, com intenção de atrair novos investimentos para o Estado. “Nossa missão é mostrar que o Paraná é um estado promissor e que pode ser o grande parceiro para futuros investimentos”, afirmou.
 

PORTO DE PARANAGUÁ – O grupo esteve em Paranaguá à tarde para conhecer as instalações do porto público e os novos projetos para expansão do terminal. O superintendente da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa), Airton Vidal Maron, explicou aos chineses que serão feitos investimentos de aproximadamente R$ 2,5 bilhões nos próximos anos, pelo governo do Paraná, em parceria com a União e a iniciativa privada.
 

“Esse grupo industrial possui uma enorme expertise tecnológica e uma grande capacidade para fazer investimentos em projetos de infraestrutura e estão dispostos a fazer parcerias no Brasil”, disse Maron. “Nós mostramos que Paranaguá apresenta muitos diferenciais na questão portuária em relação aos outros portos nacionais, porque possui uma baía abrigada, de mar calmo, com boa profundidade e muitas áreas aptas a receber projetos de expansão, que já estão em estudos ou em andamento”, afirmou.
 

Na quarta-feira (27), os chineses estiveram no Tecpar, no estádio da Arena da Baixada e na sede da Companhia Paranaense de Energia (Copel).



Fonte: Agência Estadual de Notícias
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar