acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Combustíveis

Gerdau troca óleo por gás da Bolívia

23/05/2005 | 00h00

Com o apoio do laboratório de metalurgia física da UFRGS, o grupo Gerdau está substituindo o óleo combustível pelo gás natural no aquecimento das panelas e fornos da aciaria, laminação e forjaria da Aços Finos Piratini, em Charqueadas (RS). O trabalho foi iniciado em 2001 e neste ano incluirá, além de "um ou dois fornos" que faltam, o sistema de tratamento térmico na laminação, diz Cláudio Zandrano, diretor da siderúrgica.
"Trabalhamos há bastante tempo com a UFRGS e nos últimos anos já desenvolvemos 40 projetos com a universidade", relata o executivo. Segundo ele, a substituição do óleo pelo gás natural gerou uma economia de 15% na área de energia e proporcionou um sistema de aquecimento mais uniforme e limpo.
O projeto consistiu na adequação dos queimadores industriais adquiridos pela Aços Finos para operar com o gás do gasoduto Bolívia-Brasil, diz Telmo Strohaecker, chefe do laboratório da UFRGS. Os equipamentos, em sua maioria da Itália e da Alemanha, são configurados para trabalhar com o combustível disponível na Europa, que é diferente do boliviano.



Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar