acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gigante

GE compra fabricante de equipamentos petrolíferos

09/01/2007 | 00h00

A General Electric Co. anunciou ontem que formalizou a compra da fabricante de equipamento de perfuração para a exploração de petróleo Vetco Gray Inc. por US$ 1,9 bilhão, no momento em que a diminuição das reservas de petróleo e gás do planeta leva as empresas de combustíveis a ampliarem seus investimentos na abertura de novos campos.

A GE vai incorporar os 5 mil funcionários da Vetco Gray que trabalham em 29 países e no Brasil, em unidades de produção, ao adquirir a empresa ao 3I Group, à JPMorgan Partners e à Candover Investments.

A compra da Vetco vai incrementar as vendas da divisão de petróleo e gás da GE em US$ 1,6 bilhão, ou 36%, em momento em que o principal executivo da GE, Jeffrey Immelt, tenta capitalizar a crescente demanda por exploração de petróleo e gás natural.

Os governos e empresas de todo o mundo deverão gastar US$ 20 trilhões até 2030 em centrais de geração de energia elétrica e de transmissão, biocombustíveis e exploração, segundo a Agência Internacional de Energia (AIE) no último dia 7 de novembro.

"Do ponto de vista estratégico é boa compra", disse Keith Morris, analista de serviços petrolíferos da Evolution Securities Ltd. de Londres.

Segundo Morris, a GE há muito buscava empresa líder do mercado. Segundo cálculos da própria empresa, as vendas da Vetco aumentaram 18% em 2006. A empresa fabrica equipamento para perfurações submarinas e em superfície, além de válvulas e peças para plataformas de exploração de petróleo e oleodutos.

As vendas da divisão de petróleo e gás da GE devem ter aumentado 24%, para US$ 4,5 bilhões, segundo projeção emitida pela empresa em novembro de 2006. "Acreditamos que a GE venha tentando adquirir a Vetco Gray há algum tempo", disse Robert McCarthy, analista do Bank of America, com sede em Nova York, em nota a clientes. Ele tem recomendação comprar para os papéis da GE.



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar