acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Gasoduto Lula-Mexilhão começa a operar na Bacia de Santos

20/09/2011 | 10h10

Entrou em operação, na última sexta-feira (16), o gasoduto Lula-Mexilhão, Consórcio do Bloco BMS-11 que tem a Petrobras como operadora.

Com capacidade para escoar até 10 milhões de m3 por dia, o gasoduto transportará o gás produzido pelo polo pré-sal da Bacia de Santos, ligando a plataforma Cidade de Angra dos Reis, localizada no campo de Lula, à plataforma de Mexilhão. O gasoduto possui 216 quilômetros de extensão, 18 polegadas de diâmetro e pressão de operação de 250 bar (unidade de pressão).

O projeto, além de viabilizar o escoamento do gás natural das plataformas destinadas ao desenvolvimento da primeira fase do pré-sal da Bacia de Santos, também irá permitir uma maior flexibilidade no suprimento de gás para o mercado nacional.

O gasoduto Lula-Mexilhão foi interligado às seguintes instalações da Petrobras: (i) ao gasoduto que liga o campo de Mexilhão à Unidade de Tratamento de Gás (UTGCA) Monteiro Lobato, instalada em Caraguatatuba (SP); e (ii) ao gasoduto Caraguatatuba-Taubaté, que conecta o gás processado na UTGCA Monteiro Lobato à malha de distribuição de gás natural para o mercado nacional.

O Consórcio responsável pelo desenvolvimento do campo de Lula é formado pela Petrobras (65% - Operadora), em parceria com BG Group (25%) e Petrogal Brasil S.A - Galp Energia (10%).



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar