acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Repsol

Ganhos da empresa atingem US$ 894,75 milhões

14/11/2008 | 02h55

O grupo petrolífero hispano-argentino Repsol YPF registrou, no terceiro trimestre, lucro líquido de € 699 milhões (US$ 894,75 milhões), queda de 5,8% sobre igual período do ano passado.
No acumulado dos nove primeiros meses de 2008, o grupo obteve ganhos de US$ 3,6 bilhões, ou seja, alta de 15% ante mesmo intervalo de 2007.

 

Esses resultados “mostram a fortaleza de todos os negócios da Repsol e sua capacidade de seguir crescendo com rentabilidade numa ambiente complexo”, declarou, em comunicado, o presidente da Repsol, Antonio Brufau. Além disso, os resultados “ocorreram num ambiente internacional de preços altos do óleo bruto e da força do euro ante o dólar durante o primeiro semestre do ano, que abriram caminho para um terceiro trimestre com clara tendência para baixo nos dois indicadores”, informou a empresa.A Repsol destaca “os bons resultados da YPF”, cujo resultado de exploração cresceu 22,8% e alcançou US$ 1,34 bilhão, devido “fundamentalmente à melhora das margens de comercialização de produtos refinados” e “ao aumentos dos preços médios de venda de gás natural”. Neste ano, a Repsol YPF já investiu US$ 4,85 bilhões, 3,8% mas do que em igual período do ano passado.

 

A empresa apresentou este ano um plano estratégico para os anos 2008-2012, que prevê investir 42 bilhões e alcançar lucro líquido em 2012 multiplicado por 2.8. Nos últimos meses, a Repsol descobriu o megacampo de Guará (Brasil) e de Kinteroni (Peru).

 

Na quarta-feira, o vice-primeiro-ministro da Rússia, Alexander Zhukov, anunciou que a empresa energética russa Gazprom estuda a compra de 20% das ações que a imobiliária espanhola Sacyr Vallehermoso detém na Repsol YPF.



Fonte: Gazeta Mercantil
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar