acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Lucro

Ganho da TNK-BP soma US$ 2,73 bilhões no terceiro trimestre

30/10/2012 | 14h33

 

O lucro líquido da petrolífera russsa TNK-BP avançou 53% no terceiro trimestre e atingiu US$ 2,73 bilhões, ante US$ 1,79 bilhão no mesmo período do ano passado. A empresa foi beneficiada pelo aumento de receitas com a venda de estoques e o efeito da diferença de tempo entre o preço a que os produtos refinados foram comprados no mercado spot e o valor a que foram vendidos na bomba (“time lag”).
A petrolífera produziu dois milhões de barris de óleo equivalente (BOE) por dia entre julho e setembro. O aumento de produção em novos projetos minimizou pequenas quedas na expansão de operações já existentes.
A receita da TNK-BP no trimestre totalizou US$ 15,7 bilhões. No mesmo período, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) subiu para US$ 4,31 bilhões. A dívida líquida no fim do trimestre, em 30 de setembro, era de US$ 4,34 bilhões.
“Estamos focados na estabilização de planos de expansão, no desenvolvimento de grandes projetos e no aumento da geração de valor ao acionista”, disse Jonathan Muir, presidente-executivo.
A estatal OAO Rosnef, da Rússsia, anunciou, na semana passada, a aquisição da TNK-BP, com a compra da participação pertencente à BP e ao consórcio de bilionários russos AAR. O negócio é avaliado em US$ 55 bilhões e deve ser concluído no primeiro semestre de 2013.

O lucro líquido da petrolífera russsa TNK-BP avançou 53% no terceiro trimestre e atingiu US$ 2,73 bilhões, ante US$ 1,79 bilhão no mesmo período do ano passado. A empresa foi beneficiada pelo aumento de receitas com a venda de estoques e o efeito da diferença de tempo entre o preço a que os produtos refinados foram comprados no mercado spot e o valor a que foram vendidos na bomba (“time lag”).


A petrolífera produziu dois milhões de barris de óleo equivalente (BOE) por dia entre julho e setembro. O aumento de produção em novos projetos minimizou pequenas quedas na expansão de operações já existentes.


A receita da TNK-BP no trimestre totalizou US$ 15,7 bilhões. No mesmo período, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) subiu para US$ 4,31 bilhões. A dívida líquida no fim do trimestre, em 30 de setembro, era de US$ 4,34 bilhões.


“Estamos focados na estabilização de planos de expansão, no desenvolvimento de grandes projetos e no aumento da geração de valor ao acionista”, disse Jonathan Muir, presidente-executivo.


A estatal OAO Rosnef, da Rússsia, anunciou, na semana passada, a aquisição da TNK-BP, com a compra da participação pertencente à BP e ao consórcio de bilionários russos AAR. O negócio é avaliado em US$ 55 bilhões e deve ser concluído no primeiro semestre de 2013.

 



Fonte: Valor Online
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar