acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Gás Natural

Frio tira gás de empresas britânicas

08/01/2010 | 09h15

O fornecimento de gás foi interrompido ontem para quase cem empresas no Reino Unido. A medida foi tomada pelo governo para garantir o abastecimento doméstico, que disparou nos últimos dias em razão do rigoroso inverno.

 

Com temperaturas que chegam a - 20 o C, a demanda de gás no país tem ultrapassado em quase 30% o limite estabelecido pelo administrador nacional de distribuição. E deve seguir aumentando.

 

As interrupções ocorrem num momento em que os preços estão em alta, puxados pelo temor de possíveis problemas no fornecimento da Noruega - o principal fornecedor de gás importando pelos britânicos.

 

Nove e quatro empresas - que compram gás a um preço mais baixo por terem aceito uma cláusula que diz que elas ficarão sem o combustível em caso de necessidade - foram comunicadas pelos fornecedores que as vendas serão interrompidas. As empresas atingidas estão no nordeste e na região leste do país.

 

O sistema nacional, que administra o sistema de distribuição de gás, alertou que é necessário um aumento do fornecimento e uma redução da demanda.

 

A situação alimentou cobranças ao governo para que corra para construir instalações de armazenagem de gás. Empresas temem que a falta de um sistema adequado de estocagem venha a comprometer a indústria. Segundo Roger Salomone, da associação das indústrias no país (a EEF), a queda no fornecimento de gás é um drama principalmente para as empresas que estavam tentando reconstruir seus negócios depois da recessão.



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar