acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Refinaria

Foster reafirma licitações para Premium II em abril

08/10/2013 | 10h16

 

A presidente da Petrobras, Graça Foster, voltou a confirmar, ontem (7), a realização das licitações para instalação da Refinaria Premium II, no Ceará. A afirmação foi feita durante visita à Câmara dos Deputados e audiência com o líder da bancada do PT, o cearense José Guimarães. "A refinaria no Ceará está garantida e as obras começam em 2014, com licitação em abril", disse o parlamentar.
Guimarães confirmou ainda encontro entre a presidente da estatal e a bancada federal cearense para tratar do tema. "Faremos um debate sobre o projeto, com o comando da Petrobras e os deputados cearenses, que também têm se empenhado na defesa desse grande avanço para o nosso estado", afirmou, sem confirmar a data do encontro, que ocorrerá na sede da empresa no Rio de Janeiro.
Na última sexta-feira (4), após encontro com o governador Cid Gomes, a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Míriam Belchior, afirmou que o governo trabalha para que o investimento seja feito "o mais rápido possível". Serão realizados encontros semanais entre Petrobras e governos estadual e federal para acompanhamento do projeto.
Reajuste
Ontem, Graça Foster também reafirmou que a companhia não tem previsão para reajustar os preços dos combustíveis. "O ministro Lobão (das Minas e Energia) realmente declarou que seria possível um reajuste até o fim do ano, mas a Petrobras não tem previsão de data para reajuste", disse, após participar de sessão solene no Senado em homenagem aos 60 anos da Petrobras.
Graça Foster disse que a estatal só vai se pronunciar sobre os consórcios que vão participar do leilão de Libra depois do dia 21 de outubro, após a abertura dos envelopes dos interessados na primeira concessão do pré-sal brasileiro. A presidente da estatal foi questionada sobre os planos da companhia para o contrato de cessão onerosa e para o Campo de Franco. "Nós trabalhamos Franco e a cessão onerosa como rotina dentro da companhia. Mas hoje estamos focados no leilão de Libra", afirmou.
Moody´s
Graça Foster disse ainda respeitar a avaliação da agência Moody´s, que rebaixou a nota de risco de longo prazo da Petrobras, na semana passada, mas reconheceu que a mudança de patamar desagradou à estatal. "Ninguém gosta de nota baixa. Mesmo mantendo o grau de investimento, essa nova nota é um alerta, a Petrobras está atenta", destacou. De acordo com Foster, em poucos meses, a Petrobras poderá produzir mais com mais capacidade de refino e isso poderá influenciar as próximas avaliações da agência. "Respeitamos a Moody´s e vamos cuidar melhor dos nossos indicadores", disse.

A presidente da Petrobras, Graça Foster, voltou a confirmar, ontem (7), a realização das licitações para instalação da Refinaria Premium II, no Ceará. A afirmação foi feita durante visita à Câmara dos Deputados e audiência com o líder da bancada do PT, o cearense José Guimarães. "A refinaria no Ceará está garantida e as obras começam em 2014, com licitação em abril", disse o parlamentar.

Guimarães confirmou ainda encontro entre a presidente da estatal e a bancada federal cearense para tratar do tema. "Faremos um debate sobre o projeto, com o comando da Petrobras e os deputados cearenses, que também têm se empenhado na defesa desse grande avanço para o nosso estado", afirmou, sem confirmar a data do encontro, que ocorrerá na sede da empresa no Rio de Janeiro.

Na última sexta-feira (4), após encontro com o governador Cid Gomes, a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Míriam Belchior, afirmou que o governo trabalha para que o investimento seja feito "o mais rápido possível". Serão realizados encontros semanais entre Petrobras e governos estadual e federal para acompanhamento do projeto.



Reajuste


Ontem, Graça Foster também reafirmou que a companhia não tem previsão para reajustar os preços dos combustíveis. "O ministro Lobão (das Minas e Energia) realmente declarou que seria possível um reajuste até o fim do ano, mas a Petrobras não tem previsão de data para reajuste", disse, após participar de sessão solene no Senado em homenagem aos 60 anos da Petrobras.

Graça Foster disse que a estatal só vai se pronunciar sobre os consórcios que vão participar do leilão de Libra depois do dia 21 de outubro, após a abertura dos envelopes dos interessados na primeira concessão do pré-sal brasileiro. A presidente da estatal foi questionada sobre os planos da companhia para o contrato de cessão onerosa e para o Campo de Franco. "Nós trabalhamos Franco e a cessão onerosa como rotina dentro da companhia. Mas hoje estamos focados no leilão de Libra", afirmou.



Moody´s


Graça Foster disse ainda respeitar a avaliação da agência Moody´s, que rebaixou a nota de risco de longo prazo da Petrobras, na semana passada, mas reconheceu que a mudança de patamar desagradou à estatal. "Ninguém gosta de nota baixa. Mesmo mantendo o grau de investimento, essa nova nota é um alerta, a Petrobras está atenta", destacou. De acordo com Foster, em poucos meses, a Petrobras poderá produzir mais com mais capacidade de refino e isso poderá influenciar as próximas avaliações da agência. "Respeitamos a Moody´s e vamos cuidar melhor dos nossos indicadores", disse.

 



Fonte: Diário do Nordeste
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar