acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
ANP

Fórum sobre a Sexta Rodada de Licitações no Nordeste

06/04/2004 | 00h00

Pequenas e médias empresas são o foco da Agência Nacional do Petróleo (ANP) na Sexta Rodada de Licitações. O diretor geral da ANP, Sebastião Rego Barros, ressaltou a importância da criação de várias pequenas e médias empresas, a exemplo do que ocorre nos Estados Unidos e no Canadá. Rego Barros reafirmou que há espaço para empresas de todos os portes - grandes, médias, pequenas e até micro - no setor de petróleo no país.
As declarações foram feitas durante o fórum Regulação e Desenvolvimento da Indústria de Petróleo e Gás no Brasil: Perspectivas para a Região Nordeste na Sexta Rodada de Licitações. O evento foi realizado nesta segunda-feira (05/04), em Salvador, na Federação de Indústrias da Bahia (FIEB) e foi promovido pela Agência Nacional do Petroléo (ANP).
Segundo o diretor Haroldo Lima, o evento serviu para chamar a atenção do empresariado nordestino para a Sexta Rodada. Ele destacou que na próxima rodada serão ofertados blocos em bacias maduras terrestres que representam ótimas condições de investimento para pequenas e médias empresas. Para o diretor da ANP, "o Brasil é um país privilegiado por ter um mundo pela frente a descobrir nesse setor".
O superintendente da ANP Daniel Pedroso lembrou que algumas mudanças foram introduzinas na Sexta Rodada para facilitar a participação de pequenas e médias empresas. Ele citou a redução dos valores da taxa de participação e dos bônus de assinatura para áreas terrestres, a criação do seguro-garantia para o Programa Exploratório Mínimo.
O diretor John Forman também defendeu a importância da criação de uma infra-estrutura de serviços para que pequenas e médias empresas operem no país e lembrou que mais de 40% dos blocos apresentados estão no nordeste e informou ainda que os estudos para a Sétima Rodada de Licitações também estão centrados na região: em  Alagoas; na porção marítima de Pernambuco; na Paraíba, na Bacia de Souza; na porção marítima do Ceará e um extenso programa de aerolevantamentos no Piauí.
O evento contou com a participação do diretor geral da ANP, Sebastião do Rego Barros, edos diretores John Forman e Haroldo Lima; do vice-governador da Bahia, Eraldo Tinoco; do diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella; do presidente da FIEB, Jorge Lins Freire; além de Wagner Freire, presidente  da  Starfish, e José Augusto Filho, diretor da Queiróz Galvão, empresas do setor de petróleo que atuam na Bahia. Também compareceram o diretor da Organização Nacional  da  Indústria do Petróleo (Onip), Eloi Fernández y Fernández e de delegações dos estados do Ceará, Rio Grande do Norte, Sergipe, Pernambuco e Alagoas.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar