acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Empresas

Forship realiza comissionamento do FPSO OSX-1

24/11/2011 | 17h53
A Forship Engenharia, empresa brasileira que desenvolve soluções customizadas para plantas industriais, está na etapa final do comissionamento do FPSO OSX-1, primeira unidade flutuante de produção, armazenamento e transferência de óleo e gás da frota da OSX, empresa do grupo EBX. A embarcação será entregue pronto para operar, após mais de um ano de trabalho, com acompanhamento que inclui o comissionamento dos sistemas operacionais e o atendimento integral à legislação brasileira.

O FPSO, que está no cais do porto do Rio de Janeiro, foi afretado pela OGX, outra empresa do grupo EBX, e será instalado na acumulação de Waimea, na Bacia de Campos, a 80 km da costa, a uma profundidade de 130 metros. O OSX-1 vai produzir, até o final do ano, o primeiro óleo da operadora brasileira, criada em 2007. O FPSO, que chegou no início de outubro ao Brasil, foi construído na Coréia e customizado no estaleiro da Keppel, em Cingapura, para atender às especificações técnicas da OGX.

Paulo Elias, vice-presidente de O&G da companhia e diretor executivo da subsidiária Forship Asia, explica que o trabalho executado pelo estaleiro Keppel tinha como objetivo a adequação da embarcação para as condições operacionais da bacia de Campos, uma vez que a plataforma foi projetada e construída para as condições do Mar do Norte. “A Forship realizou também as atividades de pré-comissionamento, aferindo se todos os equipamentos foram instalados de acordo com as exigências do projeto e da legislação”, acrescentou o executivo.

Depois de chegar ao país, o FPSO vai passar por inspeções das autoridades marítimas, seguindo depois para a locação definitiva, ainda com uma equipe da Forship a bordo, que está concluindo o processo de comissionamento para a produção do primeiro óleo.

“Embora tenhamos outros projetos similares em nosso portfólio, é sempre motivo de orgulho concluir mais um trabalho, principalmente pelo fato de ser uma parceria de duas empresas 100% brasileiras. Este projeto não somente reafirma a nossa competência como também demonstra, de forma inequívoca, a qualificação e a competitividade da indústria brasileira”, finaliza Fábio Fares, presidente da Forship Engenharia.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar