acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Engenharia

Forship anuncia criação de base nordestina

11/04/2011 | 10h08
De olho em potenciais projetos de US$50 bilhões para o Nordeste, a Forship anunciou na sexta-feira (8) a abertura de escritório em Recife (PE). Focado no comissionamento (testes e procedimentos de engenharia) de fábricas em implantação, o grupo vislumbra mercado de até US$1,5 bi na região, onde tem R$10 milhões em contratos com Petroquímica de Suape e UTE Jesus Soares Pereira (RN). Projetos navais e a Refinaria Abreu e Lima são prioridade.


O escritório já está prospectando negócios no setor naval nordestino, que já abriga o maior e mais moderno estaleiro da América Latina, Estaleiro Atlântico Sul (Suape/PE), além de ter projetos em instalação, dos estaleiros Promar e do consórcio Galíctio, formado pelas empresas espanholas Indasa, Tecnyno, Electro Rayma e Gabadi, todos em Pernambuco, além de projetos que estão para se consolidar em outros locais, como Ceará e Alagoas. Na área petroquímica e de refino, além de atender demandas dos pólos petroquímicos já existentes (Camaçari, na Bahia, e Suape, em Pernambuco), a empresa vê oportunidades em projetos de grande porte, como as refinarias Premium I e II, entre outros.


Marco Fares, vice-presidente do Grupo Forship, avalia um mercado de US$ 50 bilhões no nordeste, nos próximos cinco a dez anos. “Isso representa algo em torno de US$ 500 a US$ 1,5 bilhão para a área de comissionamento”, diz. “É uma cifra fabuloso, nada desprezível”.


Para Fares, a criação do escritório no nordeste foi uma decisão acertada. “Isso facilita muito a nossa atuação junto aos clientes”, explica. “Além disso, estamos satisfeitíssimos com as contratações locais. Há uma grande perspectiva de futuro e prestigiar a mão de obra regional é fundamental”. A Forship começa com 22 funcionários em Recife, onde pretende profissionalizar recém-formados locais.


Segundo o executivo, a perspectiva da Forship é duplicar o faturamento neste ano. Em 2010 o faturamento do Grupo Forship foi de R$ 50 milhões.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar