acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Economia

Fazenda estima inflação perto de 4,5% em 2012

04/11/2011 | 14h44
O ministro interino da Fazenda, Nelson Barbosa, disse hoje (4) que a inflação deve ficar bem perto do centro da meta em 2012, pois deve variar entre 4,5% e 5%. Ele ressaltou que tal marca será atingida inclusive com o crescimento da economia no próximo ano, que deverá ser de 5%. Para 2011, ele afirmou que o Produto Interno Bruto (PIB) deve avançar entre 3,5% e 4%.

"Pelo que estamos vendo, o PIB em 2012 deve crescer pelo menos 4%, inclusive por conta de vários fatores, entre eles o aumento do salário mínimo", comentou. O salário mínimo deve subir no próximo ano ao redor de 14% (nominal) e o governo acredita que este incremento será importante para dar continuidade para o estímulo da renda e consumo da população. "O PIB potencial do Brasil, para mim, é maior do que o patamar estimado por economistas de mercado, que vai de 4,5% a 5%".

Com a perspectiva do governo de crescimento da economia de 5% no próximo ano, o ministro interino ressaltou que o governo vai cumprir o superávit primário cheio também em 2012. "Vamos fazê-lo a exemplo de 2011. Neste ano, vamos cumprir o superávit primário programado (no início do ano) e até elevamos este patamar", comentou Barbosa. No dia 29 de agosto, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou que a meta de R$ 117,89 bilhões de superávit primário para 2011 foi elevada em R$ 10 bilhões e passou para R$ 127,89 bilhões.

Barbosa participou hoje de fórum promovido por The Economist Group e pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), em São Paulo. Ele substitui o ministro Guido Mantega, que participa da reunião de cúpula do G-20 (grupo das 20 maiores economias do mundo), em Cannes, na França.


Fonte: Agência Estado
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar