acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Iraque

Explosões ameaçam preços e Opep pede elevação da oferta aos países fora do cartel

17/06/2004 | 00h00

A Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) vai pedir aos países produtores de petróleo que não são membros do cartel para que aumentem sua produção, em meio a preocupações com altas de preços do produto, após os ataques de ontem ao principal oleoduto iraquiano. O anuncio foi feito ontem pelo presidente da Opep, Purnomo Yusgiantoro.
"Enviarei cartas a alguns dos produtores que não são membros da Opep, como Rússia, México, Angola e Omã. Pedirei a eles que aumentem sua produção para evitar alta nos preços do barril de petróleo", disse Yusgiantoro.
A Agência Federal de Energia da Rússia, no entanto, rejeitou o pedido, ao dizer que a Rússia não tem capacidade ociosa suficiente, informou a agência de notícias Interfax.
Yusgiantoro disse que está preocupado com possível nova escalada de preços após os ataques de ontem no Iraque. As exportações de petróleo iraquianas foram suspensas ontem em razão do ataque de anteontem ao principal oleoduto do país, que se comunicava com o principal porto exportador do produto, na cidade de Basra, sul do Iraque.
A partir do terminal petrolífero de Basra era exportado quase todo o 1,6 milhão de barris de petróleo por dia de sua produção.
Foi o segundo incidente do gênero desde o dia 8 de maio, quando ataques às instalações produtoras no sul do país cortaram a produção iraquiana para um milhão de barris por dia por quase duas semanas, até que os reparos na estrutura de extração e produção estivessem terminados.
Apesar das consideráveis reservas de petróleo do Iraque, o país não é considerado um dos principais fornecedores mundiais do produto e uma interrupção temporária não deve ter efeitos muito profundos, dizem analistas do setor de energia.



Fonte: Jornal do Commercio
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar