acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Reservatórios de Gás

Evento internacional debaterá Tight Gas Sands

19/07/2007 | 00h00
Por Cassiano Viana







Os Recursos chamados não convencionais de gás representam um significante número de reservatórios descobertos no mundo. Dentro esses reservatórios, estão os conhecidos como Tight Gas Sands – Arenitos muito fechados, de baixíssima permeabilidade (menor que 0,1 mD), que são os mais promissores e que representam reservas de gás muito importantes.

“Entretanto, tais reservatórios apresentam enormes desafios técnicos para viabilizar sua produção tais como incertezas geológicas, cenários em águas profundas, dificuldades de produção e garantia de fluxo”, explica Plavnik.

Segundo ele, o arenito convencional mostra um espaço poral bem conectado, enquanto o do arenito tight gas é extremamente irregular e pouco conectado por capilaridades. Justamente devido à esta “pouca conectividade” (baixa permeabilidade), o gás trapeado neste arenito não é produzido facilmente.

“Daí a oportunidade para a realização do Seminário Internacional de Tight Gas Sands aqui no Rio, para trazer profissionais da Indústria de E&P – operadoras, empresas de serviço, universidades, consultores – que tem se destacado por seu trabalho em buscar soluções para estes desafios técnicos e operacionais relacionados aos arenitos de baixa permeabilidade”, afirma Plavnik, que é também chairman do comitê organizador do evento.

Promovido pelo Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) e pela SPE, o Seminário Internacional de Tight Gas Sands será realizado, durante os dias 14 e 15 de agosto, no Hotel Sofitel, Rio de Janeiro.

O público alvo do evento inclui engenheiros de reservatório, engenheiros de produção, geo-cientistas, engenheiros de perfuração e completação, químicos de petróleo e pesquisadores.

A agenda do seminário inclui a apresentação de trabalhos e debate de temas como geofísica e geologia, perfuração em campos de gás, estimulação, fraturação e técnicas de completação, modelos de reservatórios e simulação de produção e aspectos de garantia de fluxo, além do painel com representantes dos maiores players internacionais discutindo os desafios técnicos e operacionais da atividade.

Participam como expositores, engenheiros da Halliburton, Petrobras, Repsol, Total, Hydro, Pesa, Pluspetrol, Schlumberger e BJ, dentre outras.

Mais informações no site do IBP: www.ibp.org.br.

Fonte: Da redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar