acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia Nuclear

EUA apóiam brasileiro em reunião nuclear

30/04/2004 | 00h00

Sérgio Duarte presidirá conferência da ONU para a revisão do tratado de não-proliferação.
O governo dos Estados Unidos admitiu que poderá apoiar a presença de um representante brasileiro na conferência das Nações Unidas sobre não-proliferação, apesar da resistência de Brasília à inspeção das instalações nucleares da Industrias Nucleares Brasileiras, em Resende, RJ.
Na prática, os americanos estão dando força à presença do embaixador Sérgio Duarte na presidência da reunião para Revisão do Tratado sobre Não-Proliferação Nuclear, previsto para a sede da ONU, em Nova York, em 2005.
"Vamos apoiar o embaixador Duarte", garantiu o subsecretário de Estado John Bolton durante um encontro preparatório iniciado na segunda-feira. Ele admitiu, no entanto, que é importante que o Brasil acerte suas diferenças com os fiscais da Agência Internacional de Energia Atômica. Muitos diplomatas americanos não se mostram preocupados com a posição brasileira na questão nuclear. "Não temos por que acreditar que eles tenham algo a esconder", admitiu um funcionário americano.
Até o momento, no entanto, o grande assunto da preparatória é a crise desencadeada por um cientista do Paquistão, Abdul Qader Khan, que há algumas semanas admitiu que existe um vasto mercado negro nuclear em seu país.



Fonte: O Estado de São Pau
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar