acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Combustíveis

Etanol tem volume positivo nas exportações

12/03/2013 | 10h28

 

As exportações brasileiras de açúcar em janeiro de 2013 tiverem o melhor desempenho de todos os tempos para um mês de janeiro, com volume de pouco mais 2,29 milhões de toneladas - quebrando o recorde anterior deste mesmo mês, em 2009, que era de 1,97 milhões toneladas.
As exportações acumuladas de doze meses (fevereiro/2012 até janeiro/2013) alcançaram 25,4 milhões de toneladas, um pequeno acréscimo de 0,5% em relação ao mesmo período do ano passado. O valor das exportações de açúcar atingiu 13,4 bilhões de dólares.
No etanol, as exportações acumuladas de doze meses atingiram 3,36 bilhões de litros, crescimento de 71,4% em relação ao mesmo período anterior, e arrecadaram 2,3 bilhões de dólares (preço médio de quase 700 dólares por metro cúbico). Esse é o maior volume acumulado de exportação de etanol desde novembro de 2009.
A Organização Internacional do Açúcar divulgou um superávit mundial de 8,5 milhões de toneladas do produto e a China reduziu sua expectativa de produção em 500 mil toneladas de uma previsão anterior de 14 milhões de toneladas. A China também dá indicações de que pode estocar açúcar e grãos.
Enquanto isso, o número de safra estimado no Brasil, para o Centro-sul, na safra 2013/2014, é otimista: sendo a menor previsão em 570 milhões de toneladas e a maior em 590 milhões de toneladas, ou seja, um crescimento em cana de 8,7%, em média. A previsão da Archer Consulting é de 585 milhões de toneladas para uma produção de 35,6 milhões de toneladas de açúcar e 25,2 bilhões de litros de etanol.

As exportações brasileiras de açúcar em janeiro de 2013 tiverem o melhor desempenho de todos os tempos para um mês de janeiro, com volume de pouco mais 2,29 milhões de toneladas - quebrando o recorde anterior deste mesmo mês, em 2009, que era de 1,97 milhões toneladas.


As exportações acumuladas de doze meses (fevereiro/2012 até janeiro/2013) alcançaram 25,4 milhões de toneladas, um pequeno acréscimo de 0,5% em relação ao mesmo período do ano passado. O valor das exportações de açúcar atingiu 13,4 bilhões de dólares.


Para o etanol, as exportações acumuladas de doze meses atingiram 3,36 bilhões de litros, crescimento de 71,4% em relação ao mesmo período anterior, e arrecadaram 2,3 bilhões de dólares (preço médio de quase 700 dólares por metro cúbico). Esse é o maior volume acumulado de exportação de etanol desde novembro de 2009.


A Organização Internacional do Açúcar divulgou um superávit mundial de 8,5 milhões de toneladas do produto e a China reduziu sua expectativa de produção em 500 mil toneladas de uma previsão anterior de 14 milhões de toneladas. A China também dá indicações de que pode estocar açúcar e grãos.


Enquanto isso, o número de safra estimado no Brasil, para o Centro-sul, na safra 2013/2014, é otimista: sendo a menor previsão em 570 milhões de toneladas e a maior em 590 milhões de toneladas, ou seja, um crescimento em cana de 8,7%, em média. A previsão da Archer Consulting é de 585 milhões de toneladas para uma produção de 35,6 milhões de toneladas de açúcar e 25,2 bilhões de litros de etanol.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar