acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Cotação

Estoque dos EUA derruba petróleo

10/02/2011 | 10h39
Após oscilar entre os terrenos positivo e negativo, o petróleo do tipo WTI fechou a sessão de negócios em Nova York marcando desvalorização de 0,26%, cotado a US$ 86,71 no contrato com vencimento em março. No contrato com vencimento em abril, houve baixa de 0,16%, para US$ 90,10 o barril.
 

Os investidores reagiram a um levantamento do Departamento de Energia dos Estados Unidos que mostrou um aumento acima das expectativas nos estoques de gasolina no país.
 

Conforme o relatório, os volumes de gasolina estocados subiram 4,7 milhões de barris na semana passada, alcançando 240,8 milhões de barris, o maior patamar em quase 21 anos. Já as reservas de petróleo cru avançaram 1,9 milhão de barris, um pouco abaixo dos 2 milhões previstos pelo mercado.
 

Antes da divulgação dos estoques, o valor do petróleo chegou a subir 1,16% - na máxima do dia de US$ 87,95 -, refletindo preocupações com notícias sobre o sequestro, próximo à costa de Omã, de um cargueiro que transportava petróleo aos Estados Unidos. No entanto, a commodity perdeu força, cedendo para a mínima de US$ 86,36 (queda de 0,67%).
 

Em Londres, o Brent com vencimento em março manteve o movimento de alta da terça-feira e subiu mais 1,9% hoje, alcançando US$ 101,82 e ampliando a diferença com a cotação de Nova York. Já o Brent com vencimento em abril subiu 1,79%, para US$ 102,32.
 

Analistas de mercado acreditam que o os preços do petróleo devem se manter firmes neste primeiro trimestre, com a recuperação da economia nos Estados Unidos. 


Fonte: Valor Econômico
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar