acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Estatal participa do desenvolvimento de campo gigante na Nigéria

04/05/2005 | 00h00

A empresa estatal de petróleo da Nigéria, a NNPC (Nigerian National Petroleum Corporation), autorizou o desenvolvimento do campo petrolífero gigante offhsore de Akpo, no qual a Petrobras tem 16% de participação. A petroleira Francesa Total é a operadora e as companhias negerianas NNPC e a privada South Atlantic Petroleum Ltd. (Sapetro) também tem participações.
A Petrobras contribuiu para a exploração e descoberta do campo de Akpo, em 2000. Esta é a segunda descoberta de petróleo com a participação da Petrobras em águas nigerianas, onde também detém direitos em outro campo gigante, o de Agbami, operado pela Chevron/Texaco.
O campo de Akpo, considerado gigante, entrará em operação em 2008 e, segundo estimativas da Petrobras, deverá atingir seu pónto máximo de produção, de 225 mil barris de óleo equivamente por dia rapidamente. Além da grande quantidade, os hidrocarbonetos do campo de Akpo são formados por 80% de condensado do tipo leve, o mais valorizado do mercado e gás natural. 
O Campo de Akpo está situado a 200 km da cidade nigeriana de Port Harcourt, em águas profundas, de 1.100 a 1.700  metros. O projeto de desenvolvimento de Akpo prevê a perfuração de 22 poços produtores, 20 poços injetores de água e 2 poços injetores de gás, que serão ligados a uma unidade flutuante de produção tipo FPSO (produtora, armazenadora e de escoamento do petróleo extraído), com capacidade de estocagem de 2 milhões de barris.
O óleo será escoado para navios de alívio atracados a uma monobóia, que ficará instalada a 2km do FPSO. O gás será enviado para a planta de Líquido de Gás Natural (LGN) de Bonny Island, através de um gasoduto de 150km, que passará pelas plataformas de Amenan/Kpono, na plataforma continental nigeriana.
Em nota a Petrobras comenta que "Essas descobertas confirmam o sucesso da internacionalização da Petrobras, consagrando a sua participação na Exploração e Produção em águas profundas e ultraprofundas no exterior, em  especial na Costa Oeste da África e no Golfo do México americano".
A estatal também informa que Akpo tem em seu plano de desenvolvimento a participação ativa dos técnicos da Petrobras, confirmando um dos pilares do Plano Estratégico 2015 da Empresa, que estabelece a busca de oportunidades em que se utilize a capacitação tecnológica da Companhia como vantagem competitiva.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar