acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petrobras

Estatal inaugura empreendimentos no Norte Capixaba

07/02/2006 | 00h00

Os empreendimentos do Terminal Norte Capixada, a Estação de Fazenda Alegre, a Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas e a Plataforma de Peroá foram inaugurados nesta segunda-feira (06/02) no Espírito Santo.

Segundo informa a estatal, os quatro empreendimentos são considerados estratégicos.

Projetos de petróleo pesado
A Estação de Fazenda Alegre acelerará o início de produção das recentes  descobertas de petróleo pesado em terra nas imediações e permitirá tratar e escoar até 20 mil barris de petróleo por dia para o Terminal Norte  Capixaba. O óleo será escoado por 15 quilômetros de oleoduto até o Terminal, que possibilitará o transporte, via marítima, da matéria-prima  necessária para operar integralmente com petróleo nacional a Fábrica de  Lubrificantes de Fortaleza, Ceará, da Petrobras (Lubnor), além de fornecer insumos para plantas de lubrificantes de refinarias, como a de Mataripe (RLAM), na Bahia.

A Petrobras investiu R$ 270 milhões na Estação de Fazenda Alegre, que gerou 1.200 empregos diretos e indiretos durante a fase de construção e  irá gerar 70 na fase de operação. No Terminal Norte Capixaba foram  investidos R$ 150 milhões e criados 1.500 empregos diretos e indiretos na fase de construção. Aproximadamente 130 profissionais trabalharão durante a fase de operação do novo terminal.

Projetos de gás
A conclusão da primeira fase das obras da Unidade de Tratamento de Gás de Cacimbas (UTGC) é de importância estratégica para o País. Além de atender ao mercado do Estado, o gás produzido no Norte Capixaba, em terra e mar,  poderá ser transportado para o Nordeste e outros estados do Sudeste, utilizando no futuro o Gasoduto Sudeste-Nordeste (Gasene).

O gás natural que será tratado na Unidade de Cacimbas será produzido pela plataforma de Peroá, uma estrutura fixa de produção instalada nas imediações no litoral do município de Linhares, em profundidade de 67  metros. A fase 1 do projeto Peroá, que inclui a plataforma e o gasoduto  marítimo, gerou 1.300 empregos diretos e indiretos na fase de construção e serão mais 15 na fase de operação. Os investimentos foram de aproximadamente R$ 210 milhões.

Estiveram presentes à inauguração, o presidente da Petrobras, José Sérgio Gabrielli de Azevedo, o governador do Estado, Paulo Hartung, e o presidente da Transpetro, Sérgio Machado.

Arrendamento do Porto de Ubu

Em outra solenidade, realizada hoje no Palácio Anchieta, em Vitória, foi  assinado pela Petrobras, pela Samarco e pelo Governo do Estado do Espírito Santo um memorando de entendimento para analisar a viabilidade  de instalação de uma base portuária no Porto de Ubu, no município de  Anchieta, a 70 quilômetros da capital.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar