acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Eletricidade

Estatais devem investir R$ 107,6 bi

01/09/2010 | 09h20

A Eletrobras terá de contribuir com R$ 1,9 bilhão para o superávit primário de 2011, segundo a proposta do Orçamento divulgada ontem pelo governo. A estatal vem pleiteando ser liberada dessa obrigação para poder ampliar seus investimentos, a exemplo do que já ocorre com a Petrobras e os bancos oficiais federais. A decisão, porém, ficará para o futuro presidente. Técnicos acreditam que, a partir de 2012, já haverá condições administrativas para que a Eletrobras deixe de contribuir para o superávit primário. Em 2011, será concluído um processo de reorganização da gestão das empresas federais do setor elétrico, pelo qual a Eletrobrás passará a funcionar como uma holding.

De acordo com a proposta, a Eletrobras investirá R$ 8,2 bilhões no ano que vem. Pelo desejo dos administradores da estatal, ela não teria de registrar superávit primário, portanto o investimento poderia ser algo entre R$ 12 bilhões e R$ 14 bilhões. No ano que vem, as empresas estatais federais investirão R$ 107,6 bilhões, segundo dados divulgados ontem. É um crescimento de 13,4% em relação a este ano. Desses, a maior fatia é da Petrobras: R$ 91,3 bilhões.

Bancos oficiais

Os bancos oficiais federais investirão no ano que vem R$ 2,1 bilhões em ampliação e modernização. Só o Banco do Brasil programou gastos de R$ 1,1 bilhão em manutenção de infraestrutura de atendimento. A Caixa Econômica gastará R$ 385 milhões com suas agências.

 



Fonte: Diário do Nordeste (CE)
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar