acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Evento

Especialistas se reúnem no "Pré-sal Brasil" para debater futuro da exploração de óleo e gás

27/04/2012 | 15h57
Com a necessidade de desenvolver novas tecnologias que garantam excelência na exploração de óleo e gás nos campos do pré-sal, representantes nacionais e internacionais do setor se reunirão no Congresso Pré-Sal Brasil, que acontece de 4 a 6 de junho no Rio de Janeiro. Cerca de 250 representantes da indústria já confirmaram presença, incluindo BP Energy do Brasil, Statoil, Chevron, Petrobras, TOTVS, Aveva, Petra Executive Search, Grupo Zorovich, Villares Metals, Wilson Sons, Technip, Swift e Horton do Brasil.

“Mais uma vez estamos reunindo um grupo indústrial importante para nos concentrarmos sobre o estado atual da exploração da área de pré-sal, bem como quais os principais desafios para podermos progredir", afirma Bruno Araujo, gerente de programa do evento. “Nós olhamos para o conteúdo nacional, o desenvolvimento da cadeia de abastecimento, o investimento estrangeiro e os desafios de financiamento. Alguns dos principais desafios técnicos da exploração das reservas do pré-sal incluem o acesso difícil e, muitas vezes, a falta de conhecimento de tecnologias e equipamentos necessários para a exploração; a falta de mão de obra qualificada e a logística complexa do transporte do equipamento e pessoal por causa da distância do poço a ser explorado até a costa”.

As atividades do pré-sal estão em fase inicial e já representam 80% das reservas totais de petróleo do Brasil. “A Petrobras e seus parceiros da área do pré-sal precisam capitalizar e desenvolver a tecnologia de exploração para a área. Também seriam necessários fornecedores de todas as áreas offshore em uma perspectiva global para fornecer a esses consórcios equipamentos e serviços flutuantes, submarinos e de perfuração", diz o gerente. Segundo Bruno, a indústria está procurando por informações, peritos e cursos especializados. "Ao mesmo tempo, notamos que os operadores estão com medo de perder seus funcionários para as concorrentes porque certas habilidades estão agora se tornando muito valiosas", conclui.

A participação oficial do governo no Congresso Pré-Sal Brasil incluirá:

• Empresa de Pesquisa Energética (EPE) - presidente, Maurício Tolmasquim
• Senado Federal - senador, Wellington Dias
• Câmara dos Deputados - consultor, Paulo Cesar R. Lima
• Governo Estatual do Espírito Santo -  secretário de Desenvolvimento, Márcio Felix
• Departamento de Energia de São Paulo - subsecretário de Petróleo e Gás, Henrique Gross
• Banco Caixa Econômica Federal - superintendente, Eugenia Regina de Melo
• Agência Nacional de Transportes Aquaviários - diretor-geral, Tiago Lima
• Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia - diretor-geral, Jean Paul Prates


Serviço:

Pré-sal Brasil
Datas: 4 a 6 de junho de 2012
Local do evento: Hotel Windsor Barra, Rio de Janeiro, Brasil


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar