acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Oportunidade

Escola de verão no Canadá receberá bolsistas da Fapesp

05/02/2018 | 08h37

Bolsistas FAPESP de graduação, pós-graduação ou de pós-doutorado podem se candidatar para participar da Escola de Verão do Regional Leaders Summit, que será realizada de 9 a 18 de maio de 2018 em Shawinigan, na província canadense de Québec.

A escola ocorrerá como parte das atividades do próximo Regional Leaders Summit (RLS), com o tema “Energia e as cidades do futuro”. O programa abordará temas como fontes renováveis de energia, reciclagem de materiais e eficiência energética aberta.

O objetivo da Escola de Verão do RLS é fomentar discussão e formular novas propostas para resolver alguns dos principais problemas urbanos, tais como mobilidade, consumo de energia, gestão de resíduos e governança, tendo como instrumentos as tecnologias de energia, a eficiência energética e os processos relacionados com a transição para uma economia de baixo carbono.

Os alunos terão aulas, farão visitas técnicas e trabalharão em equipe para desenvolver um projeto em Shawinigan.

O Regional Leaders Summit é um acordo entre sete regiões ou estados de sete países, que busca estreitar a cooperação econômica entre essas regiões: Bavária (Alemanha), Geórgia (Estados Unidos), Québec (Canadá), São Paulo (Brasil), Shandong (China), Alta Áustria (Áustria) e Cabo Ocidental (África do Sul).

Em 2016, no âmbito do acordo, foi criado o RLS-Sciences, uma plataforma que busca estreitar o relacionamento científico e tecnológico entre essas regiões por meio de iniciativas bi ou multilaterais. Os focos temáticos do RLS-Sciences são Energia, Digitalização, Pequenos Satélites e Ciência Aeroespacial. A FAPESP é a representante do Governo do Estado de São Paulo nessa rede.

Os custos locais de hospedagem e estadia dos alunos na Escola de Verão do RLS serão cobertos pelas autoridades locais (governo de Québec e da cidade onde será realizado o curso). As passagens aéreas e o deslocamento dos alunos até o local deverão ser cobertos pelas regiões participantes do RLS.

A FAPESP escolherá até três participantes para a Escola de Verão e os recursos para custeio das passagens aéreas serão provenientes da Reserva Técnica dos respectivos projetos (da Bolsa do estudante ou do Auxílio do pesquisador).

Pesquisadores responsáveis ou principais de projetos vigentes financiados pela FAPESP, em assuntos relacionados com os temas da Escola de Verão, ou que façam parte dos programas de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN) e de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais (PFMCG) (Mudanças Climáticas), podem indicar bolsistas. Os indicados devem ter Bolsa FAPESP com vigência pelo menos até setembro de 2018.

Os candidatos indicados poderão ser estudantes de graduação e pós-graduação e pós-doutorandos de qualquer área do conhecimento. As indicações de candidaturas, acompanhadas de cartas de motivação dos bolsistas, devem ser enviadas até 28 de fevereiro de 2018 para o e-mail rls-escoladeverão@fapesp.br.

Na mensagem é imprescindível indicar o número do processo de bolsa de cada candidato e também o número do processo sob responsabilidade do pesquisador responsável ou principal.

Mais informações sobre a RLS-Sciences: www.rls-sciences.org



Fonte: Redação/Assessoria Fapesp
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar