acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Internacional

Equipes extraem combustível de navio encalhado na Nova Zelândia

14/11/2011 | 14h55

As equipes de emergência extraíram quase todo o combustível do cargueiro Rena, que causou uma catástrofe ecológica ao encalhar no dia 5 de outubro perto do litoral norte da Nova Zelândia, informaram neste domingo (12) fontes oficiais.

Após cinco semanas trabalhando para evitar que o petróleo vazasse para o mar, o chefe de salvamento marítimo da Nova Zelândia, Arthur Jobard, qualificou a missão como um "marco" e explicou que a partir de agora começará uma nova fase nas operações.

As autoridades confirmaram que cerca de 60 toneladas de combustível permanecem no navio misturadas com água do mar, o que complicará a drenagem da carga.

O Rena continha cerca de 1.733 toneladas de combustível quando encalhou no recife de Astrolabe, a cerca de 12 quilômetros da cidade portuária de Tauranga, na Ilha do Norte.

Após o acidente 350 toneladas de combustível vazaram e a maré negra chegou ao litoral de Tauranga, causando a morte de pelo menos 1.946 aves.

As autoridades acusaram o capitão do Rena e o segundo oficial, que supostamente causaram o acidente ao realizar uma manobra brusca para encurtar a rota.



Fonte: G1
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar