acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Petróleo

Equador agora ameaça expulsar a Petrobras

06/10/2008 | 04h37

O presidente Rafael Correa prometeu nacionalizar um campo explorado pela estatal brasileira, caso empresa demore a renegociar o contrato. No mês passado, ele se envolveu em confusão com Odebrecht

 

QUITO - O presidente do Equador, Rafael Correa, ameaçou anteontem nacionalizar um campo explorado pela Petrobras, que extrai 32.000 barris por dia de petróleo e expulsar a estatal brasileira do país, assim como fez com a construtora Odebrecht. “Se demorarem muito (a assinar a renegociação do contrato) nacionalizo este campo e vão embora do país. Não vamos agüentar atrasos de ninguém”, declarou Rafael Correa.

 

“Já basta”, acrescentou o presidente equatoriano, que se reuniu semana passada com o ministro das Minas e Petróleos, Galo Chiriboga, e com a equipe de renegociação com as empresas de petróleo estrangeiras, sobretudo a Petrobras. “Estão demorando muito, eu me reuni com a Petrobras e chegamos a um acordo muito claro, e estão demorando muito. Aqui ou cumprem as exigências do país ou se vão. Nós não estamos pedindo esmola. Estamos pedindo justiça, o que nos corresponde”, completou o presidente equatoriano.

 

Rafael Correa ordenou a renegociação dos contratos, que atualmente dão ao Estado 18% do petróleo, para que o país fique com toda a extração, em troca do pagamento dos custos de produção e uma margem de lucro às companhias de petróleo.

 

Também afirmou que se comprometeu com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva - com quem se reuniu na terça-feira passada em Manaus - a revisar o caso da Odebrecht, cujos bens no Equador foram embargados há duas semanas pelo não cumprimento de um contrato, enquanto quatro importantes obras a cargo da empresa passaram ao controle militar.



Fonte: Jornal do Commercio - PE
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar