acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Energia

EPE habilita 321 projetos somando 14 mil MW nos leilões de energia para 2014

08/08/2011 | 11h32
EPE habilita 321 projetos somando 14 mil MW nos leilões de energia para 2014
EPE habilita 321 projetos somando 14 mil MW nos leilões ... EPE habilita 321 projetos somando 14 mil MW nos leilões ...
A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) habilitou 321 empreendimentos, que somam capacidade instalada de 14.083 MW, para participar dos leilões de energia de A-3 e de Reserva de 2011, que serão realizados pelo Governo Federal nos dias 17 e 18 de agosto. A fonte eólica apresenta a maior quantidade de projetos e de oferta habilitados: 240 parques geradores e uma capacidade total de 6.052 MW.

Além das eólicas, os leilões terão a participação de projetos de termelétricas movidas à biomassa (principalmente de cana-de-açúcar), térmicas a gás natural e pequenas centrais hidrelétricas, além da ampliação da usina hidrelétrica de Jirau, no rio Madeira.

O Leilão de Energia A-3 ocorrerá no dia 17 e será aberto a todas as fontes cadastradas, enquanto o Leilão de Reserva, que acontece no dia seguinte, será voltado exclusivamente para as fontes eólica e biomassa. A maior parte dos 321 projetos habilitados pela EPE se cadastrou para os dois leilões.

A energia eólica tem predominância nos estados do Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Ceará, enquanto o gás natural aparece mais fortemente no Rio de Janeiro e no Maranhão. São Paulo apresenta maior oferta de projetos térmicos movidos à biomassa. “O fato de o Brasil ser um país continental permite que cada região contribua com um energético específico”, destaca o presidente da EPE, Mauricio Tolmasquim.

De acordo com Tolmasquim, a grande quantidade de projetos de geração habilitados - que totaliza uma capacidade instalada equivale a da hidrelétrica de Itaipu Binacional - aumenta a possibilidade de forte concorrência, o que constribuirá com a redução nos preços da energia a ser negociada.

Os leilões de energia A-3 e de Reserva de 2011 serão realizados através da rede mundial de computadores. No caso do A-3, o início da geração dos projetos que se sagrarem vencedores é 1º de março de 2014, enquanto os empreendimentos que vencerem a disputa no Leilão de Reserva terão que iniciar a geração em 1º de julho do mesmo ano. Os editais dos leilões estão disponíveis no sítio da Agência Nacional de Energia Elétrica - Aneel na internet.


Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar