acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
publicidade
Tecnologia

Epcon Offshore começa a construir equipamento para Petrobras e já planeja novos testes

17/06/2004 | 00h00

A empresa norueguesa Epcon Offshore começou a construir um novo sistema de purificação de água para a plataforma de Garoupa. Conforme já havia adiantado o site TN Petróleo (20/05), o equipamento terá capacidade de tratar 500 m³ por hora de água funcionando em paralelo ou 250m³/h com funcionamento em série (repectivamente 60.000 e 30.000bpd). A sistema será construído na Noruega e será enviado para o Brasil no começo de agosto deste ano para entrar em funcionamento, em setembro, no campo de Garoupa.
A Epcon garante que o equipamento a ser instalado é capaz de deixar menos de 20 mg de óleo em cada litro de água, que depois de tratada poderá ser lançada diretamente no mar. A avaliação do desempenho do sitema será feita depois de um mês de utilização, conforme o contrato de aluguel e posterior compra do equipamento, conforme informou o gerente geral da Epcon, Lasse Jahnsen.
Segundo o comunicado da empresa norueguesa, o Brasil tem sido uma prioridade desde 2003 e antes de ganhar o contrato Petrobras, a Epcon já havia testado, com sucesso, a Tecnologia CFU no campo de Garoupa. Vários outros testes estão sendo planejados para este ano e as negociações para teste no sul da Bacia de Campos já começaram, embora de maneira muito embrionária, conforme informa Anderson Derossi, engenheiro de vendas da empresa brasileira Gaia, que cooperou com a Epcon para a realização do contrato com a Petrobras. "Por enquanto não há nenhuma negociação comercial, estamos no nível de discussões tecnológicas ainda", afirma Derossi.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar