acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
P-47

Entrega da plataforma poderá ser feita na próxima semana

03/06/2005 | 00h00

A cerimônia de entrega da plataforma de armazenamento P-47, que ocorreria nesta sexta-feira (03/06), foi adiada em função de testes que ainda necessitam ser feitos em alguns equipamentos. O gerente do contrato do empreendimento na Ultratec, Roberto Bastos, comenta que os testes deverão ser concluídos em alguns dias e que a cerimônia poderá ser realizada na próxima semana. O executivo ressaltou, no entanto, que ainda não há uma nova data.
Bastos garantiu que não há nenhum problema de execução ou atraso nas obras. Segundo ele, a plataforma está pronta e os testes que serão realizados nos próximos dias são procedimentos normais, assim como outros previstos para serem executados já na Bacia de Campos, onde a plataforma entrará em operação.
O valor contratual da reforma da P-47 foi de US$ 60 milhões e, de acordo com as informações de Bastos, as obras foram realizadas em aproximadamente dois anos, dentro do prazo previsto. A P-47, que já estocava o petróleo produzido pela P-36, plataforma que afundou em 2001, no campo de Roncador, continuará com a mesma função, porém no campo de Marlin, também na Bacia de Campos. Diariamente a plataforma terá capacidade de tratar e armazenar cerca de 180 mil barris de petróleo até um total de 2 milhões de barris. A capacidade de compressão de gás da plataforma é de 3 milhões de m³.
A reforma da P-47 foi realizada pela Ultratec, empresa de engenharia que atuou na construção e integração de módulos e foi responsável pelo EPC da obra. O projeto foi realizado pela Projemar.



Fonte:
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar