acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
São Paulo

Engenharia de Petróleo da USP terá novo prédio em Santos

03/02/2014 | 17h54

 

Um novo prédio será construído no campus da Universidade de São Paulo (USP) em Santos, no litoral de São Paulo, para abrigar as novas instalações do curso de Engenharia do Petróleo, de sua Escola Politécnica (Poli).
O novo prédio contará com quatro andares e 15 mil m² de área e poderá receber 250 estudantes de graduação. A construção terá pelo menos seis laboratórios em várias áreas. Além disso, o novo prédio irá abrigar uma biblioteca, salas de aula para a graduação e pós-graduação, para os professores e de reuniões, auditório, espaços para estudo coletivo e convivência, lanchonete e demais ambientes de infraestrutura comum, como banheiros e almoxarifado.
As obras terão um custo orçado em R$ 68,6 milhões, começarão ainda neste ano e deverão estar concluídas em 2016. O novo edifício é resultado de um termo de cooperação assinado, no dia 12 de agosto do ano passado, entre a USP e a prefeitura de Santos.
Segundo a USP, há previsão de expansão nos próximos anos com o início dos cursos de pós-graduação em Engenharia do Petróleo.
USP em Santos
Desde 2012, o curso de Engenharia de Petróleo da Poli funciona em um prédio histórico, no câmpus da USP na Vila Mathias, no centro de Santos, projetado pelo arquiteto e engenheiro Ramos de Azevedo, segundo diretor da Escola, criador também do prédio antigo da Poli, localizado no centro de São Paulo.

Um novo prédio será construído no campus da Universidade de São Paulo (USP) em Santos, no litoral de São Paulo, para abrigar as novas instalações do curso de Engenharia do Petróleo, de sua Escola Politécnica (Poli).

O novo prédio contará com quatro andares e 15 mil m² de área e poderá receber 250 estudantes de graduação. A construção terá pelo menos seis laboratórios em várias áreas. Além disso, o novo prédio irá abrigar uma biblioteca, salas de aula para a graduação e pós-graduação, para os professores e de reuniões, auditório, espaços para estudo coletivo e convivência, lanchonete e demais ambientes de infraestrutura comum, como banheiros e almoxarifado.

As obras terão um custo orçado em R$ 68,6 milhões, começarão ainda neste ano e deverão estar concluídas em 2016. O novo edifício é resultado de um termo de cooperação assinado, no dia 12 de agosto do ano passado, entre a USP e a prefeitura de Santos.

Segundo a USP, há previsão de expansão nos próximos anos com o início dos cursos de pós-graduação em Engenharia do Petróleo.


USP em Santos

Desde 2012, o curso de Engenharia de Petróleo da Poli funciona em um prédio histórico, no câmpus da USP na Vila Mathias, no centro de Santos, projetado pelo arquiteto e engenheiro Ramos de Azevedo, segundo diretor da Escola, criador também do prédio antigo da Poli, localizado no centro de São Paulo.

 



Fonte: G1
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar