acesso a redes sociais
  • tumblr.
  • twitter
  • Youtube
  • Linkedin
  • flickr
conecte-se a TN
  • ver todas
  • versão online
  • Rss
central de anunciante
  • anunciar no site
  • anunciar na revista
Tecnologia

Encana testa tecnologia para desidratação de gás natural

27/02/2007 | 00h00

  A petroleira canadense Encana testa, nesta terça-feira (27/02), uma nova tecnologia de desidratação de gás natural. Segundo a empresa, o processo é mais eficiente energéticamente e mais ecológico, uma vez que reduz o consumo de energia e a emissão de poluentes em relação ao processo tradicional.  

A tecnologia é applicana graças uma parceria entre as empresas Vaperma e Encana e o órgão de tecnologia para o desenvolvimento sustentável do Canadá SDTC (Sustainable Development Techology Canada) e foi desenvolvida pela Vaperma.

Com prazo de três anos e orçamento de 5 milhões de dólares canadenses (cerca de US$ 5 milhões), o projeto é financiado pelo fundo de inovação ambiental da Encana, no valor de aproximadamente US$ 2,5 milhões, outros US$ 1,6 milhão são provenientes da SDTC e o restante da Vaperma.

A empresa explica, através de sua assessoria, que o gás natural bruto precisa ser desidratado para evitar a formação de hidratos, reduzir a corrosão e atender a especificações de vendas e até o momento esse processo era feito com o uso do glicol. A nova tecnologia substitui o uso da substância química tradicional por solventes e uma nova membrana chamada Siftek(TM) e com isso reduz a emissão de poluentes.

A tecnologia Siftek(TM) será testada no novo Centro de Pesquisa e
Tecnologia da Vaperma, localizado na cidade de Quebec, no Canadá. Lá serão testadas diversas configurações de membrana com o gás natural em diferentes pressões e temperaturas. A fase seguinte do projeto demonstrará os sistemas de membrana da Vaperma em escala
pré-comercial, usando um manancial de gás natural de propriedade da EnCana em Alberta.

O presidente da Vaperma, Claude Létourneau, destaca que além da redução de emisões e de consumo energético a nova tecnologia também trás benefícios por não haver exigência de uso de produtos químicos no processo.
  
"Depois de demonstrada, a tecnologia Siftek(TM) da Vaperma poderá representar uma inovação significativa para o setor de processamento de gás natural, substituindo os processos de desidratação por glicol e amina", diz o executivo
   
"Acreditamos que seja uma tecnologia limpa e altamente exportável, com um forte potencial de sucesso no meio internacional, e que ajudará o Canadá a reivindicar a posição de liderança nesta área. Ajudando as empresas canadenses a superar barreiras na fase pré-comercial, a SDTC cumpre um importante papel para aumentar a probabilidade de sucesso das inovações das nossas empresas", acrescenta o presidente da ADTC, Vicky J. Sharpe.



Fonte: Redação
Seu Nome:

Seu Email:

Nome do amigo:

Email do amigo:

Comentário:


Enviar